- Anúncio -

Ceará – Na manhã desta terça-feira (21), a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (CIOPAER) integrou mais um helicóptero em sua frota. O Fênix 11, modelo EC 130B4, matrícula PR-YHB, será utilizado nas ações policiais, resgates, salvamentos e também no serviço de proteção ambiental. Nas missões aeromédicas serão utilizados equipamentos portáteis.

O helicóptero foi apreendido durante as investigações da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) acerca das mortes de dois chefes oriundos de uma organização criminosa paulista, em Aquiraz (CE), cidade que integra a Região Metropolitana de Fortaleza.

Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas do Ceará incorpora mais um helicóptero em sua frota. Foto: CIOPAER CE.

Com a apreensão e a representação junto ao Poder Judiciário do Ceará pelo perdimento do bem, a CIOPAER recebeu a autorização judicial para utilizar o equipamento. Após manutenção e com a nova pintura, a aeronave agora será utilizada oficialmente nas operações aéreas em todo o Ceará. Foram investidos em torno de R$ 900 mil na manutenção da aeronave e o bem é avaliado em R$ 5,5 milhões.

A partir de agora, o Fênix 11 integra a frota composta por outras nove aeronaves, sendo oito helicópteros (dois AS350B2 esquilo, três Airbus EC135 e três EC145) e um avião modelo Cessna 210. Atualmente, a CIOPAER possui quatro bases instaladas nas cidades de Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral e Quixadá.

No total, 165 profissionais de segurança pública compõem o efetivo da unidade aérea, entre pilotos, tripulantes operacionais, mecânicos e apoio solo, além de 20 profissionais de saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) do Ceará.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários