Ronaldo Barreto de Oliveira

Diferentemente da falta de consenso mundial sobre a definição do inventor do avião – já que alguns atribuem tal feito aos irmãos Wright [1], no ano de 1903, e outros acreditam que o pioneirismo foi de Alberto Santos Dumont [2], em 1906 –, definir, através de pesquisa científica, quem foi primeiro mecânico de manutenção aeronáutica é algo mais fácil de ser feito e com uma certa unanimidade.

Conforme pesquisas realizadas a associações de mecânicos de manutenção aeronáutica dos Estados Unidos da América (EUA), por meio da Internet, mormente à Aircraft Maintenance Technicians Association (AMTA) [3], corroborando outros achados na rede mundial, como nos sítios eletrônicos da General Aviation News (2013) [4], da Dom Magazine (2011) [5] e da National Aeronautics and Space Administration (2013) [6], o primeiro mecânico de manutenção aeronáutica da história foi Charles Edward Taylor.

O primeiro motor Wright Horizontal de 1903, construído por Charlie Taylor.
O primeiro motor Wright Horizontal de 1903, construído por Charlie Taylor.

Com fulcro nas fontes acima citadas, os irmãos Wright, Orville e Wilbur, tentavam, à época, colocar propulsão originada de um motor em seu Wright Glider [7], de modo a fazê-lo sair da classe de planador para a classe de avião motopropulsionado.

Todavia, com a relação exigida de potência e peso, não havia nada disponível nos EUA, e eles não encontraram qualquer fabricante que poderia ou quisesse fazer, talvez pelo empenho somente em uma unidade, não despertando interesse econômico e comercial em construir um motor com as especificações exigidas – menos de 200 (duzentas) libras de peso, que oferecesse entre 08 (oito) e 10 (dez) cavalos de potência. Foi quando consultaram Charles, que já os havia ajudado na construção de alguns componentes para o Wright Flyer [8].

Nascido em 24 de maio de 1868, Charles Edward Taylor terminou o ensino médio em Lincoln, a capital do estado norte-americano do Nebraska, onde também trabalhou como mecânico. Sua relação em comum com Orville e Wilbur Wright deve-se ao fato de que a família de sua noiva, Henrietta, conhecia os irmãos Wright.

Em 1901, os irmãos Wright precisavam de alguém de confiança para assumir a sua loja de bicicletas, Cycle Company Wright, enquanto eles se dedicavam a testes com protótipos de aviões e planadores, tarefa que foi direcionada para Charles.

Com essa proximidade, além dos serviços da loja de bicicletas, Charles foi imerso também nos trabalhos que, utilizando a prática de tentativa e erro, tinham o propósito de construção de uma máquina voadora de madeira e tecido.

Charles, apesar de já haver construído algumas peças para os irmãos Wright, passou a enfrentar o seu grande desafio, que foi a construção de um motor.

Utilizando o espaço físico e as ferramentas da loja de bicicletas, tornos, furadeira, esmeril, ferramentas manuais e um bloco de alumínio, em seis semanas, tempo julgado surpreendente para as tecnologias, materiais e ferramentas disponíveis, Charles Edward Taylor construiu um motor de quatro cilindros, que produzia 12 (doze) HP a 1.000 (mil) rpm [9][10], pesava 180 (cento e oitenta) libras e era refrigerado à água, que foi o primeiro motor aeronáutico da história. Sua relação peso / potência era o estado da arte à época.

Figura 2 - Charles Edward Taylor (1868-1956). Fonte: General Aviation News (2013) .Charles Edward Taylor foi chamado de herói desconhecido da Aviação, por ter sido o primeiro mecânico de aeronaves que construiu e manteve os primeiros motores aeronáuticos.

Nos cinco anos subsequentes, com a ajuda de Charles, os irmãos Wright melhoraram os seus projetos de aeronaves e motores. Charles chegou a ser chamado de o outro irmão Wright, trabalhando em diversos outros projetos.

Charles criou uma profissão que é pouco reconhecida pelo público em geral. Milhares de homens vêm, ao longo dos anos, seguindo os passos de Charles como mecânicos de aeronaves, tanto na aviação militar como na aviação civil, carregando um fardo bastante pesado, que é manter as aeronaves transportando milhares de pessoas diariamente e com total segurança de voo.

Quando é observada uma aeronave voando, deve-se recordar e enaltecer os inúmeros homens e mulheres que estão por trás de seu projeto, de sua produção e, sobretudo, de sua manutenção.

Charles continuou a trabalhar até 1944, quando se aposentou devido a problemas de saúde. Em 1945, sofreu um ataque cardíaco que o incapacitou de continuar trabalhando, vindo a falecer em janeiro de 1956.

Charles está enterrado em um santuário da história da aviação, em Burbank, Califórnia, nos EUA, e foi incluído no Hall da Fama Nacional da Aviação em 1965.

Nos EUA, desde 2008, quando aprovada uma resolução do Congresso Americano, no dia 24 de maio, data de nascimento de Charles Edward Taylor, é celebrado o Dia do Técnico de Manutenção de Aviação. Além disso, foi também instituído o Prêmio Charles Taylor, que reconhece as realizações dos mecânicos de manutenção.

O prêmio Charles Taylor foi homologado pela FAA em homenagem ao primeiro mecânico de aviação, sendo requisito para a premiação ter dedicado 50 (cinquenta) anos à manutenção aeronáutica. Ao agraciado, junto com uma placa comemorativa, as suas honras são registradas em um livro.

Cumpre notar que, com o crescimento da indústria aeronáutica, cresceram também as necessidades de mais mecânicos, e agora com qualificações diversificadas. Anteriormente, alguns mecânicos tinham habilidades para trabalhar em toda a aeronave, o que acontecia até pela menor complexidade dos equipamentos, porém, com o passar dos tempos, os sistemas das aeronaves, principalmente o eletrônico, passaram a requerer mecânicos mais especializados.

Atualmente, com a introdução de sistemas de última geração embarcados, de navegação, hidráulico, de superalimentação de motor, entre outros, exige-se praticamente um especialista para cada área.

Figura 3 - Banner publicitário referente ao Dia do Técnico de Manutenção de Aviação. Fonte: Professional Aviation Maintenance Association (2013) .


Autor: Ronaldo Barreto de Oliveira é Major da Polícia Militar de São Paulo, Comandante de Aeronave e Instrutor de Voo do Comando de Aviação – “João Negrão”.


[1] Os irmãos Orville Wright (1871-1948) e Wilbur Wright (1867-1912) construíram, em 1903, o avião Flyer1, reconhecido pela Federation Aeronautique Internationale (FAI) como o primeiro aparelho voador controlado, mais pesado que o ar (WIKIPÉDIA, 2013a). Informação disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Irmaos_Wright>. Acesso em: 10 dez. 2013.
[2]Alberto Santos Dumont (1873-1932), aeronauta, esportista e inventor brasileiro, construiu e voou com os primeiros balões dirigíveis com motor a gasolina. Também foi o primeiro a decolar um avião (14 Bis) impulsionado por um motor a gasolina, em 23 de outubro de 1906 (WIKIPÉDIA, 2013c). Informação disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Santos_Dumont>. Acesso em: 10 dez. 2013.
[3]Associação de Técnicos de Manutenção de Aeronaves. Informação disponível em <http://www.amtausa.com/>. Acesso em: 17 set. 2013.
[4]Informação disponível em:<www.generalaviationnews.com>. Acesso em: 10dez. 2013.
[5]Informação disponível em:<www.dommagazine.com/article/charles-e-taylor>. Acesso em: 10dez. 2013.
[6]Informação disponível em:<http://wright.nasa.gov/airplane/eng03>. Acesso em: 10dez. 2013.
[7] Planador projetado pelos irmãos Wright. O que diferencia um planador de um avião é que aquele não possui motor, sendo que o seu voo se dá devido ao seu perfil aerodinâmico associado às correntes atmosféricas.
[8] Avião projetado pelos irmãos Wright.
[9] HP = Hourse Power. É uma unidade de potência, anglo-saxônica, comumente utilizada para classificar motores de combustão interna.
[10] rpm = rotações por minuto.

2 COMENTÁRIOS

  1. BELISSIMA REPORTAGEM SOBRE A PROFISSAO DE MECANICO DE MANUTENÇAÕ AERONAUTICA, MOSTRA A IMPORTANCIA DESSE PROFISSIONAL , QUE MUITAS DAS VEZES IGNORADA .

  2. Parabéns ao amigo, Barreto, pela pesquisa e pelo trabalho.
    Esse trabalho, tenho certeza, não teve início com o primeiro “click” na tecla “entre” de uma ferramenta de pesquisa, mas na liderança pela valorização e convicção da importância do profissional de manutenção nas equipes e nas atividades de voo.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

19 − 2 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários