- Anúncio -

Rio de Janeiro – No sábado (20), uma operação conjunta entre o Grupamento de Operações Aéreas (GOA) do Corpo de Bombeiros e o Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar (GAM) possibilitou o transporte aeromédico de mais uma vítima do COVID-19.

O helicóptero Fênix 05 (Bell Huey II) do GAM foi utilizado para o transporte inter-hospitalar de adulto. Policiais militares (Pilotos e operador aerotático) e bombeiros (médico, enfermeiro e auxiliar de enfermagem) integram a tripulação mista da aeronave.

A vítima estava na Ilha de Paquetá e foi levada de helicóptero ao hospital Miguel Couto (Coordenação de Emergência Regional – CER), no Leblon. Para o transporte, a equipe utilizou paramentação de proteção e o paciente foi colocado em uma capsula de isolamento, que garante a segurança da vítima e da tripulação. Além disso, depois do voo, equipes realizam a descontaminação da aeronave.

Operação conjunta entre PM e Bombeiros possibilitou mais um transporte de paciente com COVID-19 no RJ

Pessoas transportadas

Desde o início da pandemia, já foram realizados 18 transportes inter-hospitalares de adulto (TIHA) com os helicópteros Bell Huey II da Polícia Civil e da Polícia Militar, além do helicóptero EC135 da Coordenação de Operações Aéreas da SSM/GSI. O primeiro transporte aconteceu no dia 15 de abril de São José do Vale do Rio Preto para Miguel Pereira.

A maioria dos transportes foi realizado pelo helicóptero da Polícia Civil, que também foi acionado para realizar um salvamento no mar. Uma equipe de guarda-vidas do GOA tripulou o helicóptero e os bombeiros realizaram o salvamento do banhista na Barra da Tijuca.

Leia: Transporte de Pacientes intra-hospitalar e inter-hospitalar.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários