Aguia 17 da Polícia Militar apoia CENIPA em incidente com avião

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

O dono do avião que fez um pouso forçado na manhã dessa segunda-feira (30) em Santo Antônio do Aracanguá, interior de São Paulo, em depoimento por telefone para a polícia, disse que a falta de combustível teria motivado o pouso.

O homem de 60 anos, de Ribeirão Preto, foi encontrado em Sud Mennucci (SP) e ainda não prestou depoimento, mas vai precisar explicar porque abandonou o avião no meio do pasto. O voo partiu de Mato Grosso e seguia para Birigui (SP). O homem não ficou ferido.

Uma equipe de investigadores do CENIPA foi conduzida até o local pelo Águia 17 da Base de Radiopatrulha Aérea de Araçatuba. O Ten Sobrinho e Ten Kameoka pousaram no local para que a equipe do CENIPA realizasse as primeiras análises do ocorrido.

aguiaeaviao2

Segundo os policiais, a aeronave arrancou parte da rede elétrica e a cerca de uma fazenda durante o pouso. Funcionários da CPFL trabalharam durante toda a tarde para restabelecer o fornecimento de energia na região.

Policiais informaram que a aeronave estava toda revirada. Peritos do Instituto de Criminalística revistaram o avião e disseram não ter encontrado nada de errado. Mesmo assim recolheram uma caixa. Uma equipe de São Paulo deve realizar uma nova perícia.

Fotos: BRPAe Araçatuba.

Fonte: G1.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários