- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Portugal – Portugal recebeu ajuda da Alemanha e, ao que tudo indica, também receberá da Áustria. Estes são os países cujo contato com as autoridades portuguesas já foi confirmado. A Áustria realiza levantamento em seu país para saber quantos leitos de UTI estão disponíveis para receber os pacientes portugueses.

Além da Espanha que ofereceu ajuda nesta terça-feira (02), Luxemburgo também está disposto a receber pacientes com COVID-19 vindos de Portugal. Se for necessário transferir pacientes portugueses para Luxemburgo, a operadora aeromédica Luxembourg Air Rescue (LAR), organização sem fins lucrativos e com sede no país, tem condições de fazer.

A operadora possui seis helicópteros de resgate e seis aviões UTI Aérea capazes para realizar os transportes. Por ano, são acionados para mais de 3.000 missões.

Na quarta-feira (03), a Alemanha enviou 26 profissionais de saúde (médicos e enfermeiros) para Portugal. O Ministério da Defesa alemão também enviou no avião A400M da Força Aérea, insumos hospitalares, 50 ventiladores, 150 bombas de infusão e 150 camas hospitalares.

Os profissionais vão trabalhar nas próximas três semanas no Hospital da Luz, em Lisboa, tratando de doentes graves com COVID-19, reforçando as equipas médicas do hospital. O acordo entre Portugal e Alemanha prevê a presença de profissionais alemães até ao dia 21 de março.

Portugal está em uma “situação dramática” e nestes tempos que vivemos “a solidariedade na Europa é indispensável”, declarou Annegret Kramp-Karrenbauer, Ministra da Defesa Alemã justificando o apoio a Portugal.

Na quinta-feira (04), Portugal ultrapassou as 13,4 mil mortes associadas ao novo coronavírus. No momento estão internadas em enfermarias 6.496 pessoas e 863 em leitos de UTI, de acordo com os dados da Direção Geral da Saúde.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários