AMTC 2010 – Air Medical Transport Conference

Entre 11 e 13 de outubro de 2010, foi realizada em Ft. Lauderdale, Florida/EUA a Conferência de Transporte Aeromédico (Air Medical Transport Conference – AMTC), evento realizado pela Associação de Serviços Aeromédicos ( AAMS – Association of Air Medical Services).

Neste evento, que contou com a participação das maiores fabricantes mundiais de helicópteros, foram divulgados diversos press release sobre vendas de aeronaves e participações neste grande mercado americano.


A MD Helicopters participou da Conferência de Transporte Aeromédico (Air Medical Transport Conference – AMTC) em conjunto com a LifeFlight do Hospital Geral de Allegheny, este ano, em Fort Lauderdale, na Flórida.

A LifeFlight expos a sua aeronave MD Explorer que utilizam na operação de resgate aeromédico em atendimento de emergência regionais e serviços de transporte de cuidados críticos. A LifeFlight está disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, tendo realizado mais de 60 mil missões, trabalhando lado a lado com os paramédicos e hospitais da comunidade em uma área de quatro estados. Os helicópteros da LifeFlight atuam no oeste da Pensilvânia, sudeste de Ohio, norte de West Virginia e a parte oeste de Maryland.

Atualmente, a MD Helicopters presta suporte para mais de 130 aeronaves MD Explorer em todo o mundo, com mais de um terço deles em operação aeromédica de emergência (EMS). Além de sua cabine espaçosa e seu excelente desempenho, a confiabilidade e a segurança do MD Explorer fazem dele uma escolha ideal para operações aeromédicas de emergência.

Impulsionado por dois motores Pratt & Whitney Canada 207E com 720 SHP cada, o MD Explorer tem a maior carga na classe de biturbinas leves. Com um peso bruto máximo de 6.500 libras (2.948 kg), ele possui uma excelente performance para pouso e decolagem em plataformas elevadas.

A certificação como Categoria A de operação permite a continuidade da decolagem e um retorno seguro ao local para pouso, no caso de uma falha de um dos seus motores.

O sistema faz do MD Explorer Notar, um dos mais silenciosos e seguros de sua categoria e é ideal para operações EMS. O MD Explorer é certificado pelas agências FAA dos EUA, a CAAC da China, a MAK da Rússia e EASA da Europa para operações Categoria A e IFR monopiloto.

Fonte: MD Helicopters via Shephard


A Bell Helicopter, anunciou que fechou com grande sucesso Conferência de Transporte Aeromédico 2010, realizando vendas significativas de aeronaves e novas potenciais oportunidades.

Durante a feira, a Bell Helicopter anunciou a venda de um total de 32 novas aeronaves, realizou voos de demonstração com mais de 35 clientes em potencial em seu nova aeronave Bell 429 e reforçou seu compromisso com a comunidade de transporte aeromédico com uma doação de 200.000 dólares à Fundação MedEvac.

“A Bell Helicopter tem como missão possibilitar o sucesso dos nossos clientes. Estamos comprometidos a escutar, responder às suas necessidades e encontrar maneiras de tornar mais fácil de eles fazerem negócios conosco”, disse John L. Garrison, presidente e diretor executivo. “O sucesso desta mostra é um testemunho da dedicação inabalável da Bell em oferecer aos nossos clientes soluções completas de missões – e os clientes estão a responder positivamente a isso e estão escolhendo a Bell Helicopter”.

No início desta semana, a Bell anunciou a venda para três dos maiores prestadores de serviço de transporte aeromédico:  Air Methods Corporation, Air Medical Group Holdings e Mercy West. O total combinado de 32 aeronaves foram distribuídas entre as três operadoras, sendo 15 Bell 407 para a Air Methods Corporation, 16 Bell 206L4s para a Air Medical Group Holdings e uma venda firme do Bell 429 para a Mercy West com a opção por dois Bell 429.

“O serviço prestado pelos homens e mulheres no ambiente de serviços de helicópteros de emergência médica é verdadeiramente uma missão nobre”, disse Larry D. Roberts, vice-presidente comercial. “Estamos comprometidos em contribuir para o seu sucesso, fornecendo-lhes produtos e serviços mais seguros e confiáveis. Estamos orgulhosos de que três dos maiores prestadores de serviços aeromédicos escolheram a Bell Helicopter para apoiar as suas missões. O fato de que estes clientes estão escolhendo a Bell Helicopter valida os produtos e suporte diferenciados que oferecemos, que permitem-lhes apoiar as suas missões e melhorar seu desempenho empresarial. “

Durante o evento, a Bell exibiu as capacidades do seu novo Bell 429, o mais moderno helicóptero biturbina leve do mundo. Durante o período de três dias da conferência mais de 35 clientes experimentaram as capacidades da aeronave em primeira mão, como velocidade superior, desempenho e cabine espaçosa.


Certificada como IFR monopiloto (SPIFR), Categoria A sob as mais recentes exigências da Parte 27 das normas de aeronavegabilidade, o Bell 429 oferece a maior cabine em sua classe e elevou os padrões da indústria em termos de segurança, manutenção e desempenho.

A Bell também demonstrou seu compromisso com o avanço do mercado de transporte aeromédico através de uma doação de 200.000 dólares à Fundação MedEvac Internacional, que ajudará a apoiar serviços de caridade para melhorar o transporte de pacientes críticos e de serviços de saúde.

“Estamos honrados por fazer parte desta comunidade e estamos orgulhosos do papel que nossos helicópteros desempenham na ajuda aos doentes em todo o mundo, com um acesso médico aéreo, seguro e de qualidade aos necessitados de cuidados críticos”, disse Roberts.

Fonte: Bell


A American Eurocopter editou seis press releases interessantes durante o evento, que foram sintetizados abaixo.

 A  LifeLine Critical Care Transport, um parceiro da Clarian Health, acaba de colocar seu quarto EC145 em serviço. O prestador de serviço aeromédico baseado em Indiana havia selecionado o EC145 durante Conferência de Transporte Aeromédico (AMTC) de 2008, e colocou o seu primeiro EC145 em serviço em maio deste ano.

“A Lifeline operou aeronaves BK117 por mais de 25 anos, quando tomamos a decisão de migrarmos para o novo EC145”, disse Steve Johnson, gerente de negócios da  LifeLine Critical Care Transport. “Estávamos muito satisfeitos com o desempenho do BK117, e nos baseamos que o desempenho do EC145 irá adicionar uma maior flexibilidade para a nossa operação.”

“A cabine grande e novas tecnologias, como aproximação GPS e utilização de NVG junto com a capacidade IFR nos permite utilizar a aeronave em uma infinidade de formas. A flexibilidade do EC145 maximiza a nossa capacidade de executar qualquer missão que for necessária pelo nosso cliente.”, continuou Johnson.

A HeatlhNet Aeromedical, um cliente de longa data e operadora de aeronaves através do programa Air Methods, continua a expandir suas operações aeronaves da Aemerica Eurocopter. A HealthNet já colocou um EC135 e um EC145 um em serviço este ano e ainda tem expansão prevista para o quarto trimestre com a chegada de uma nova aeronave EC 130.

“Em abril nós adicionamos o EC135 e o EC145 entrou em serviço em maio. As aeronaves têm um desempenho muito bom, e estamos muito satisfeitos com o apoio que recebemos do American Eurocopter “, explicou Chip Sovick, presidente e CEO da HealthNet.

A American Eurocopter finalizou a entrega de três novas aeronaves para a EastCare, o serviço de transporte aeromédico do University Health Systems em Eastern North Carolina, Pitt County.  Dois EC145 e um EC135P2+ agora fazem parte da frota da EastCare, substituindo três BK117.

Os novos helicópteros podem operar com cargas utéis mais pesadas e estão equipados para vôos IFR e aproximação por GPS . Melhorias internas de segurança incluem óculos de visão noturna (OVNs), sistema de alerta e consciência do terreno (TAWS) e sistema avançado de proximidade e alerta de terreno (EGPWS).

A American Eurocopter anunciou que a Metro Aviation Inc., assinou um Memorando de Entendimento para aquisição de 12 aeronaves. O mix de aeronaves inclui EC130, EC145 e EC135s e apoiará a continuidade do crescimento da empresa e a expansão da sua Divisão de Operações Aéreas.

A American Eurocopter anunciou o University of Mississipi Medical Center adquiriu uma EC145 para o seu departamento de transporte aeromédico – o programa AirCare. O helicóptero está substituindo uma de suas aeronaves em operação e será baseada em Jackson, MS. Ele será operado pela PHI Helicopters, Inc.

A American Eurocopter anunciou que o Children’s Medical Center selecionou o seu novo simulador de EC145 para realizar o treinamento dos pilotos da Air Methods em entrada inadvertida em Condições Meteorológicas de Instrumento (IIMC).

A empresa comprou a aeronave em 2009 e é operada pela Air Methods. O programa voa sob Regras de Vôo Visual (VFR). O treinamento em simulador vai além das exigências atuais, e é uma iniciativa do operador para aumentar a segurança de suas operações.

“Nós escolhemos o treinamento no simulador da American Eurocopter, pois é mais seguro e eficiente, e permite aos pilotos experimentarem ambientes e situações que eles não conseguem durante voos de check normais ou na formação tradicional de pilotos de helicóptero”, explicou Jack Sosebee. “O simulador estende o envelope do treinamento e vai ajudar os pilotos a se prepararem para situações imprevistas.”

Fonte: American Eurocopter


A AgustaWestland editou dois press releases durante o evento, que foram sintetizados abaixo.

A AgustaWestland, anunciou que Intermountain Healthcare assinou a compra de três helicópteros A109 GrandNew com opções para duas aeronaves adicionais. Operado pela Intermountain Life Flight, a divisão de aviação da Intermountain Healthcare, essas aeronaves vão juntar a outras duas A109K2 já em serviço realizando missões de evacuação aeromédica em Utah e Nevada Norte.


Cada GrandNew será equipado com modernos interiores EMS completos, com macas simples ou dupla, além de um guincho de salvamento, proteção corta fios, esquis de neve e compatibilidade NVG. Essas aeronaves serão concluídas e entregues pela unidade de produção da AgustaWestland na Filadélfia, Pensilvânia. A aeronave GrandNew marca uma nova era tecnológica para helicópteros com a integração de sistemas de visão avançada para prover um novo nível de consciência situacional e do terreno aos pilotos, aumentando bastante a segurança.

O GrandNew é o primeiro helicóptero em sua classe a incorporar um Synthetic Vision System (SVS), Highway in The Sky (HITS) e sistema de alerta e consciência do do terreno para helicópteros (HTAWS) para alertas e consciência plena do terreno e de obstáculos em condições de baixa visibilidade de vôo. O sistema fornece ao piloto com três dimensões de orientação mapas detalhados do terreno, resultando em uma avançada capacidade operacional, que estabelece um novo marco em matéria de segurança.

O GrandNew também já cumpre as últimas recomendações do NTSB / FAA para as operações de EMS , já considerando o uso operacional de NVG ou sistemas de visão melhorada (enhanced vision system) quando as condições e as missões requererem.

AgustaWestland  anunciou a entrada em serviço de um helicóptero AW119Ke da Life Star, do Kansas em uma cerimônia realizada durante o evento. O helicóptero agora em serviço, será baseado em Junction City, Kansas,  e será usado para missões de transporte aeromédico.

Fonte: AgustaWestland



Edição e tradução por Mena Barreto.


Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

6 + dezessete =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários