Arcanjo realiza resgate no Morro do Cambirela, Palhoça/SC

Um homem de 35 anos sobreviveu a uma queda de cerca de 40 metros durante uma trilha no Morro do Cambirela, em Santo Amaro da Imperatriz, às 18h do último sábado (29/11). Pedro Gonçalves Pinheiro descia a trilha com outros três amigos quando uma corda de apoio arrebentou. Ele caiu sobre uma árvore e fraturou o braço e a bacia.

Salvamento SC 1

O grupo, experiente em trilhas, é uma das duas equipes catarinenses classificadas para o Campeonato Brasileiro de Corrida de Aventura, que será realizado no próximo fim de semana no Espírito Santo.

Em seu último treino, o quarteto subiu o morro por uma trilha na face leste e estavam descendo pela face norte a cerca de 700 metros de altitute quando o acidente aconteceu. Em um dos trechos do percurso, há uma corda instalada para auxiliar a travessia. Embora houvessem levado o próprio equipamento, preferiram usar o que já estava no local. Pedro testou a corda, que aparentava estar segura, mas, assim que iniciou a descida ela arrebentou e ele caiu.

— Talvez o grande erro foi ter confiado na corda que estava ali — disse a colega de equipe Aline Terezinha de Souza.

Após cerca de 40 metros, Pedro parou em cima de uma árvore. Na queda, fraturou o braço e a bacia. Os colegas de equipe, Leo Nardi Borba e Ramiro Isotton desceram para procurar Pedro, já esperando encontrá-lo sem vida. Na busca, chamavam o seu nome.

— Graças a Deus eu não estava inconsciente e consegui responder: ‘Tô aqui, Ramiro’ — contou Pedro.

Os amigos acionaram os bombeiros que fizeram o resgate por helicóptero. Em uma manobra difícil, por se tratar de um local de grande altitude, um dos socorristas desceu do helicóptero por um cabo para realizar os primeiros socorros. Pedro teve o pescoço e braço imobilizados, foi preso ao cabo e içado para o helicóptero. Após pousar no heliponto da Avenida Beira Mar Norte, próximo ao Hotel Majestic, ele foi levado em uma ambulância até o Hospital Florianópolis.

B3pGdEuIIAAfYvW

O atleta está em recuperação e deve ficar internado por mais cinco dias.

— Eu nasci de novo. Não morri por detalhe — disse.

Fonte: Diário Catarinense

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

6 + 1 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários