BPAmb e GRAER realizam “Operação Harpia” em Curitiba

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) com o apoio do Grupamento Aéreo (GRAER) da Polícia Militar do Paraná, realizou a “Operação Harpia” que tem como objetivo coibir a soltura de balões na capital e na Região Metropolitana de Curitiba/PR (RMC). Durante a operação foram apreendidos dois balões com as respectivas bandeiras, as quais indicam a identidade do grupo.

O patrulhamento motorizado, preventivo e repressivo foi realizado em pontos previamente levantados pelo Serviço Reservado do Batalhão de Polícia Ambiental na capital e RMC. O BPAmb contou com o apoio do GRAER que realizou o patrulhamento aéreo indicando movimentações suspeitas e focos de soltura de balões, auxiliando as equipes terrestres, compostas pela Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM).

“Na capital do Estado essa conduta é mais intensa no inverno, durante a época das festas juninas e julinas. Por isso, visando a prevenção e a repressão da prática de tal crime é importante a realização de operações periódicas nesse sentido pela unidade especializada em crimes ambientais, da Polícia Militar do Paraná, o BPAmb”, destacou o Comandante da Unidade, Tenente-Coronel Daniel Jacinto Berno.

Mas para que as ações sejam completas também é importante que haja a participação de outras unidades da PM, como o GRAER, nas ações. “Com o helicóptero podemos visualizar ações que não são possíveis por terra, ou no mínimo são mais difíceis de serem detectadas. Desta forma, as coordenadas são repassadas para as equipes motorizadas que podem efetuar as prisões e apreender os materiais utilizados no crime”, descreve o Tenente-Coronel Orlando Artur da Costa.

A soltura de balões é crime ambiental conforme aponta o artigo 42 da Lei de Crimes Ambientais no qual fica claro que “fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios nas florestas e demais formas de vegetação, em áreas urbanas ou qualquer tipo de assentamento humano”, é crime. A pena prevista é a detenção de um a três anos, multa ou ambas cumulativamente.

“Além dos pontos todas as áreas vizinhas e no raio de alcance de visão do helicóptero foram fiscalizadas proporcionando segurança para a população”, disse Artur. As equipes da ROTAM realizaram diversas abordagens a suspeitos nos pontos identificados para receberem a ação, também levando tranquilidade aos cidadãos. Ninguém foi preso. O material apreendido foi encaminhado ao BPAamb para procedimentos cabíveis.

Confira mais fotos:

Fotos: PMPR

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

12 + 13 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários