Radiopatrulhamento Aéreo da PM de Minas comemora 23 anos com festa de gala

O Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo da Polícia Militar de Minas Gerais comemorou 23 anos de trabalhos realizados no dia 26 de agosto de 2010. O evento aconteceu no Hangar do Btl RpAer, no Aeroporto da Pampulha, Belo Horizonte/MG.

Na solenidade, cujo anfitrião foi o Ten Cel PM Laércio dos Reis Gomes, Comandante do Btl RpAer, compareceram várias autoridades civis e militares, dentre elas o Comandante Geral da PMMG, Coronel Renato Vieira de Souza, Cel Luiz Antônio Ferreira, Diretor da Força Nacional de Segurança Pública, Maj Josilei Albino Gonçalves de Freitas, Presidente do CONAV, Sr Eduardo Marson Ferreira, Presidente da Helibras, entre outras.

CORPAer

Durante a solenidade houve ainda entrega de homenagens, materializada através de uma placa de agradecimento, àqueles de participaram e colaboraram para o sucesso do Btl RpAer, além da entrega de uma homenagem especial, representada por uma maquete do helicóptero pégasus, ao Coronel Renato Vieira De Souza, Comandante Geral da PMMG,  Coronel Luiz Carlos Dias Martins, Chefe do Gabinete Militar do Governador, Coronel Márcio Martins Sant´Ana, Chefe do Estado-Maior da PMMG e ao Coronel Sandro Afonso Teatini Selim De Sales, Comandante do Comando de Policiamento Especializado.

A festa foi um reflexo do que hoje representa o Btl RpAer para a Aviação de Segurança Pública Brasileira – Um sucesso!

Confira algumas fotos do evento

Apresentamos, em homenagem aos 23 anos de Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo da Polícia Militar de Minas Gerais, um pouco de sua história:

A História do CORPAer da PMMG

A primeira experiência da Polícia Militar de Minas Gerais com emprego de aeronaves remonta à década de 1920, quando a Força Pública de Minas Gerais adquiriu um avião biplano modelo “avro” 504 para observação aérea. Os primórdios da aviação da Polícia Militar tiveram como palco o antigo campo de aviação do prado mineiro, hoje ocupado pela Academia de Polícia Militar.

Desde aquela época longínqua, muita coisa mudou. A sociedade evoluiu e com ela, os modos de se pensar e fazer polícia, atendendo aos anseios da comunidade e combatendo os avanços da criminalidade.

O dia 27 de janeiro de 1987 representa um marco histórico na evolução da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, com a criação do Comando de Radiopatrulhamento Aéreo, o CORPAer.

Sua criação foi uma das medidas do alto-comando da instituição consubstanciada na reformulação da gestão pública estadual que visava aa aplicação do princípio da eficiência nos serviços públicos.

O documento que originou esta nova unidade policial foi a resolução nº 1665 de 27 de janeiro de 1987, assinada pelo então Comandante Geral, Coronel PM Leonel Arcanjo Afonso.

Muitos desafios tiveram que ser superados como a formação adequada de recursos humanos e a operacionalização da primeira aeronave disponibilizada pelo governo, o Pégasus 01.

Inicialmente, as primeiras instalações utilizadas foram o hangar do governo e o complexo do prado mineiro, ao lado da academia de polícia militar. Com o passar do tempo o corpaer passou por diversas transformações nos setores de recursos humanos, logístico e operacional.

Para apoiar na formação de novos recursos humanos a Força Aérea Brasileira, em 1992, doou dois helicópteros modelo bell 47, os famosos bolhas, que receberam os codinomes pégasus 02 e 03. Com eles, muitos pilotos foram treinados, até que em 1999, estes aparelhos saíram de operação.

Em 22 de fevereiro de 1994 a instituição recebeu um novo helicóptero modelo esquilo que recebeu o codinome pégasus 04. Ainda na década de 90 a unidade operou um helicóptero robinson 22, o pégasus 05 e um avião cesna 210, pégasus 06.

Com o sucesso das operações aéreas até então, o governo estadual, em 1996, iniciou um processo para aquisição de mais cinco aeronaves modelo esquilo, que receberam os codinomes pégasus 07, 08, 09, 10 e 11.

Com a evolução da frota, a estruturação de um ambiente adequado que pudesse dar suporte às operações aéreas era mais que necessário. Deslocar-se das antigas instalações, então localizadas no prado mineiro, era inevitável.

Muitas lutas marcaram a construção de um novo ambiente de trabalho até que, em 1996, através de um convênio firmado entre o governo de minas com a infraero, foi possível a instalação definitiva do CORPAer neste hangar onde temos o prazer de receber nossos convidados.

Para acompanhar esta evolução, era necessário dar uma nova estruturação organizacional. No ano de dois mil o comando da instituição elevou a categoria do corpaer de companhia especial para batalhão, possibilitando um aumento significativo do efetivo e ampliação dos serviços para o interior do estado.

Em 2004 a unidade passou a pertencer ao Comando de Policiamento Especializado – o CPE. Este novo desenho organizacional possibilitou a desconcentração deste serviço especializado para o interior do estado.

Foram criadas as bases de Uberlândia, Montes Claros, e, recentemente, a de Juiz de Fora. No ano de 2006 a PMMG passou a operar o avião modelo king air c-90 que recebeu o codinome pégasus 12 e também o pégasus 13.

Paralelamente ao crescimento da frota da PMMG, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente adquiriu dois novos helicópteros modelo esquilo para atuar especificamente na preservação do meio ambiente, ficando a cargo do CORPAer a operação destas aeronaves.

Estas aeronaves receberam os codinomes guará 01 e guará 02. recentemente, a SEMAD passou também a operar o guará 03.

Hoje, o Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo opera 8 helicópteros e 2 aviões e já voou mais de 48.600 horas. Dentre as principais missões executadas pela unidade destacam-se:

–  atendimento às ocorrências policiais de alta complexidade tendo atingido a marca de mais de mil atendimentos neste ano de 2010;
–  combate a incêndios florestais;
–  traslados diversos como apoio ao MG Transplantes;
–  e diversas outras operações onde a presença da aeronave torna-se importante.

A unidade funciona também como escola de formação aeronáutica homologada junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), tendo contribuído para a formação de pilotos e tripulantes das polícias militares de 14 (quatorze) estados brasileiros, além de órgãos federais e estaduais como Polícia Federal, IBAMA, IEF, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil.

É por estes motivos que o vigésimo terceiro aniversário do Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo é motivo de orgulho, não apenas para os integrantes da unidade, mas também para a aviação mineira e todo o povo de minas gerais.

Confira algumas fotos históricas do CORPAer

O dia seguinte à solenidade:

Por volta das 10:00h da manhã do dia seguinte lá estava o Guará 01, com sua tripulação comandada pelo Maj PM Timóteo, com destino à cidade de Curvelo, região central de Minas Gerais para dar continuidade à Operação denominada “Força Tarefa Previncêndio”, com objetivo de monitorar e combater os incêndios florestais que assolam o estado nesta época do ano.

SUCESSO E PARABÉNS aos aviadores Pégasus do Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo da Polícia Militar de Minas Gerais.

Texto e fotos do evento: Eduardo Alexandre Beni para Piloto Policial.

11 COMENTÁRIOS

  1. FOI COM MUITA SATISFAÇÃO QUE PRESENCIAMOS ESSA PASSAGEM HISTÓRICA DO “LENGENDÁRIO” CORPAER, HOJE DENOMINADO Btl RpAer.
    AOS NOBRES GUERREIROS DO AR DAS MINAS GERAIS, O NOSSO VOTO DE FELICITAÇÕES, AGUARDANDO ENCONTRÁ-LOS POR ESSES CÉUS DDO NOSSO AMADO BRASIL.
    QUE DEUS CONTINUE A ABENÇOAR VOSSOS VÔOS.
    E LEMBREM-SE: “VOEM SEMPRE SIPAER”.
    CAP PMPE ROMILDO – ASP92.

  2. É com grande satisfação que parabenizo o Corpaer-MG e agradeço a deferência do Sr. TC Laércio pela homenagem a mim concedida e ao Sr. Cel Luiz Antônio, diretor da Força Nacional. Reconhecemos a excelência do trabalho desenvolvido pela aviação da PMMG e pela grande contribuição que têm dado aos estados na formação, nos treinamentos e nos estágios disponibilizados aos estados iniciantes nesta atividade. Muito obrigado e parabéns pelos 26 anos de vôos mineiros.

    Maj Gonçalves
    Presidente do CONAV – SENASP/MJ

  3. É com muito orgulho que vejo os 23 anos de trabalho sério do CORPAER e de seus militares receber o devido reconhecimento não só dos escalões superiores da Secretaria Nacional de Segurança Pública, como de tripulantes pilotos, mecãnicos e demais envolvidos na aviação de segurança pública, de todo o país.

    “Você luta de acordo com a forma como treina”. Temos excelência de equipamento aéreo, bases operacionais e doutrinas estabelecidas, e a infraestrutura esta em crescimento constante, com mais máquinas e cidades servidas.

    Há muito anos fotografo estes valorosos guerreiros dos céus de Minas Gerais. Meu primeiro voo em um Helicóptero Policial foi no CORPAER, em 2004, com o então Capitão Fernando, hoje de volta a Sergipe.

    Uma Grande Organização Militar de Elite da nossa Polícia Militar de Minas Gerais.

    Parabéns pela data, do mais humilde soldado até o seu Cmte.

    Roberto Valadares Caiafa, Jornalista

  4. Em 2003 tive a oportunidade de realizar o curso de Comandante de Operações Aéras no CORPAER/MG e conhecer o elevado grau de profissionalismo dessa Unidade Aérea. Os ensinamentos adquiridos foram fundamentais para a concretização da aviação do nosso Estado. Para aos seus integrantes e desejo que Deus continue iluminando suas missões.Grande abraço a turma de 2003 (Didier, Queiroz, Vander, Simão e Flávia.

    MAJ PM NEGREIROS
    CIOPAER/AC

  5. Mais uma vez parabenizo o Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo na pessoa do Sr Ten Cel PM Laércio dos Reis Gomes, pelos 23 anos de criação dessa honrosa Unidade Aérea, e pela excelência da comemoração realizada no último dia 26. O momento também serviu para revermos amigos das diversas turmas de formação na área de aviaçao, bem como a troca de experiências com alguns “antigões” do nordeste brasileiro.(Quem é sabe!!!rsrs).
    Esquadrilha Pégasus: A ajuda que vem do céu!

  6. Caro TC PM Laércio,
    O sucesso não ocorre por acaso. E nenhuma organização é autoprogramada para dar resultados positivos.
    É preciso gestão pela política de resultados.
    Parabéns pelo sucesso, pelos esforços e pela administração exemplar à frente do Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo da Polícia Militar de Minas Gerais.
    Cordial abraço.
    Cap PM Renato
    GRAER – PMBA
    “Não há nenhum segredo para o sucesso. É o resultado de preparação, trabalho duro, e aprender com o fracasso.” (Gen. Colin L. Powell)

  7. tem tido interesse em conhecer um pouca da historia do batalhão de radio patrulhamento aéreo,é muito interessante mesmo.quem sabe ainda um dia serei convidado a participar dessa equipe.mas ate la….

    • Amigo, o 1º Piloto da PMMG foi o Ten Cel Edson Wagner, hoje Coronel Reformado e piloto do Governo de MG. O Cel Severo foi quando Instalou a sede do Batalhão.
      Abrs

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

18 + dois =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários