Decretada prisão de suspeitos de abater helicóptero do GAM da PMERJ

O juiz da 3ª Vara Criminal, Guilherme Schilling Pollo Duarte, recebeu a denúncia do Ministério Público nesta terça-feira (14/09/2010) e decretou a prisão preventiva de quatro homens suspeitos de derrubarem com tiros de metralhadora um helicóptero da Polícia Militar. Na ação, ocorrida no dia 17 de outubro do ano passado, três policiais morreram.

Helicóptero da PM incendiou após pouso forçado no Morro dos Macacos, na zona norte do Rio. Foto: Henrique Esteves/Futura Press

Fabiano Atanásio da Silva, conhecido como FB, Leandro Domingos Berçot, o Lacoste, Luiz Carlos Santino da Rocha, o Playboy, e Magno Fernando Soeiro Tatagiba de Souza, o Magno da Mangueira, são acusados da morte de três policiais, causar lesões corporais em outro seis e provocar a queda e o incêndio da aeronave da PM. Eles devem responder pelos crimes de associação ao tráfico de drogas, homicídio e tentativa de homicídio

A Justiça aponta que Atanásio, que teria ligação com o Comando Vermelho, seria o líder da quadrilha que invadiu o Morro dos Macacos com o objetivo de controlar pontos de vendas de drogas de facções rivais. Na ocasião, a PM teria sido chamada e recebida por disparos de revólveres e metralhadoras. Os policias mortos foram Marcos Stadler, Edney Canazaro e Izo Patrício.


Fonte: Terra


1 COMENTÁRIO

  1. ESTAO QUERENDO PUNIR O PESSOAL DO HELICOPETO DA POLICIA POR TER MATADO UM TRAFICANTE ……EU DIGO PARABENS A TODOS QUE ALVEJARAM ESSE TRAFICANTE NA ZONA OESTE ………A MIDIA QUER BLA..BLA…BLA…..

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

cinco × cinco =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários