- Anúncio -

Santa Catarina – O Batalhão de Operações Aéreas (BOA), em parceria com o Grupo de Resposta Aérea de Urgência (GRAU/SAMU), realizou na quarta-feira (24), o transporte de dois bebês e também de 05 respiradores.

O primeiro transporte foi realizado com o avião Arcanjo 04 de um bebê de apenas 26 dias de vida, de Curitibanos para Florianópolis. O menino, que nasceu prematuro, apresentava hidrocefalia e foi para o Hospital Infantil Joana de Gusmão, na Capital Catarinense.

O segundo transporte foi de uma bebê de 7 meses, portadora de Atrofia Muscular Espinhal (AME). A menina foi inicialmente transportada no domingo (21), de Xanxerê para Florianópolis. Ela necessitava da medicação Spinraza, administrada no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis.

Depois do tratamento, a mãe e a criança retornaram de avião para Xanxerê. Em menos de uma semana, é a quarta vez que o avião Carajá é cedido pelo Governo do Estado para auxiliar no transporte de pacientes. Para realizar os dois transportes, os aviões percorreram 804 km, em 3,5 horas de voo

Segundo o Corpo de Bombeiros, “o transporte aeromédico garante rapidez, segurança e conforto para o procedimento. No caso de AME, estudos apontam a eficácia do medicamento na interrupção da evolução da doença para casos mais graves, quadro comum nesta patologia, justificando a urgência no tratamento”.

Transporte de respiradores

Como o avião Carajá tem boa capacidade de carga, foi possível transportar 05 respiradores (ventiladores mecânicos) que serão distribuídos entre Chapecó e Xaxim para o enfrentamento da pandemia da COVID-19.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários