Dois helicópteros do Corpo de Bombeiros estão parados por problema no seguro

Minas Gerais – Os helicópteros esquilo do Corpo de Bombeiros estão sem prestar socorro porque o seguro aeronáutico foi cancelado. Conforme informações obtidas pela Rádio Itatiaia, as aeronaves não decolam há mais de um mês.

O seguro foi cancelado em fevereiro deste ano porque uma empresa que perdeu a licitação, feita em abril de 2014, acionou o Tribunal de Contas do Estado com a alegação de possível fraude no processo.

helibras-hb-esquilo-boa-cbmmg

A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros informou à Itatiaia que a nova licitação para seguro dos helicópteros estão em fase final de conclusão. Além disso, a corporação ressalta que o serviço de resgate não foi afetada porque o Aeromédico opera normalmente.

O Aeromédico custou R$ 34 milhões e entrou em ação pela primeira vez somente no dia 2 de fevereiro, após denúncia exclusiva da Itatiaia. Comprado em maio de 2014, a aeronave nunca havia atuado em uma ocorrência por falta de seguro.

Até agosto do ano passado, o seguro da aeronave não havia sido pago, assim como a última prestação, o que se tornou um entrave para a operação do veículo.

Fonte: Rádio Itatiaia

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

três × 4 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários