- Anúncio -

Minas Gerais – Dois helicópteros Arcanjo do Batalhão de Operações Aéreas (BOA) foram necessários para que o Corpo de Bombeiros transportasse um bebê de 66 dias com Cardiopatia Congênita, de Taiobeiras para Belo Horizonte. Como a cidade fica a cerca de 685 km da capital, foi preciso o empenho de duas equipes.

Valendo-se da mobilidade da Esquadrilha Arcanjo e prontidão da tripulação composta por profissionais médicos e enfermeiros do SAMU, com o acionamento pelo sistema SUSFácil, rapidamente foi empenhado o helicóptero Arcanjo 05 para o primeiro atendimento.

O bebê foi levado de Taiobeiras ao aeroporto de Montes Claros, onde o helicóptero Arcanjo 04 já aguardava para dar continuidade ao transporte aeromédico do paciente e da acompanhante.

No início da noite de segunda-feira (18), a equipe do Arcanjo 04 pousou no aeroporto da Pampulha, onde o paciente foi recebido e embarcado na Unidade de Resgate do BOA e levado à Santa Casa de Misericórdia, em Belo Horizonte.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários