Em dois anos, Graer ajuda a salvar 186 vidas no Norte do Paraná

O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PMDB) comemora os números divulgados pelo Grupamento Aeropolicial e Resgate Aéreo (Graer) – base de Londrina – que apontam o salvamento de 186 pessoas dos municípios das regiões de Cornélio Procópio e Jacarezinho.

Segundo o levantamento, feito pela assessoria do deputado, o número de salvamentos corresponde até o dia 24 de junho. “Do dia 25 de junho até o momento, outros salvamentos foram feitos, mas ainda não constam do levantamento do Graer, o que mostra que esse investimento do governador Beto Richa tem ajudado a salvar muitas vidas menos de dois anos”, explica o deputado.

GRAER02

Segundo o levantamento, em 2014 foram 44 resgates e remoções para hospitais de grandes centros médicos, a maioria com deslocamento para Londrina. Esse é o caso, por exemplo, de uma paciente de 63 anos, de Salto do Itararé, no Norte Pioneiro, que sofreu um infarto. Terezinha Maria de Melo Godoi foi resgatada dia 21 de julho pelo Graer e está internada em Londrina.

Outro caso mais recente é do jovem Éder Junior Emídio, 20 anos, que sofreu traumatismo craniano grave devido a um acidente de carro na PR-218, entre Joaquim Távora e Carlópolis. O rapaz foi removido de Jacarezinho para Londrina dia 18 de julho e encontra-se internado na Santa Casa. “Esses dois resgates não constam no levantamento, mas mostram que mais importante que números e a dedicação e o compromisso de salvar vidas”, diz Romanelli, que é um dos incentivadores para que o Governo do Paraná mantenha o atendimento do Graer na região.

A base do Graer em Londrina foi inaugurada em 28 de setembro de 2012 pelo governador Beto Richa. A cidade foi a primeira do interior do Estado a receber este serviço de policiamento. Um helicóptero e cinco policiais fazem parte do grupo que reforça as operações policiais e dá apoio em situações de urgência e emergência em toda a região Norte.

Segundo o capitão Andrey Müller, copiloto do Graer em Londrina, a quantidade de pessoas salvas desde a inauguração da base Londrina é maior do que o levantamento apresentado, pois os dados de 25 de junho até o momento ainda não foram computados. Em média, são 9,3 salvamentos por mês. Para Romanelli, os dados mostram que o governador Beto Richa cumpre seu compromisso com a região, nas áreas de Segurança e Saúde, que é de promover ações concretas e efetivas para tranquilizar as famílias de bem que vivem no Paraná.

A unidade do Graer em Londrina conta com um helicóptero multi-missão e um efetivo formado por policiais militares e civis e bombeiro. O Graer é vinculado à Secretaria da Segurança Pública e realiza apoio aéreo no policiamento ostensivo e também faz o transporte de pessoas que precisam de atendimento médico de urgência e transporte de órgãos. Além disso, auxilia ações de Defesa Civil e operações policiais militares e civis.

Segundo Romanelli, o helicóptero é uma plataforma ágil no combate ao crime, perseguições policiais e captura de suspeitos e identificação de veículos roubados, realizando rondas aéreas em um raio de 100 quilômetros em 20 minutos. “Sem dúvida alguma, é um grande investimento que não só as famílias que tiveram vítimas resgatadas e removidas devem comemorar, mas todos os paranaenses”, finaliza o deputado Romanelli.

Fonte: Romanelli.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

18 − oito =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários