Entregue o oitavo e último EC135 P2+ para a Polícia da Baviera, na Alemanha

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Numa cerimônia oficial realizada em 11/Jun/10, no ILA Berlin Air Show, o Ministro do Interior do estado da Baviera, Joachim Herrmann recebeu a oitava aeronave EC 135 P2+ para a Polícia da Baviera. Com esta entrega, a polícia já dispõe da frota completa de helicópteros adquiridos, com o que há de mais avançado em equipamento para operações policiais no mundo.

Os oito novos helicópteros representam um grande investimento na segurança para o governo da Baviera, que promoveu uma seleção de propostas de fornecedores na região da União Européia antes de aceitar a oferta da Eurocopter, que assim está ganhando e reafirmando a posição de liderança da empresa no mercado de helicópteros.

Com a sua superior capacidade de manobra e uma gama completa de opções de equipamentos especiais, incluindo câmeras FLIR, guinchos de emergência e um kit de combate a incêndios, o EC135 é o helicóptero ideal para missões policiais.

Reconhecido pelos seus baixos custos, confiabilidade e segurança, pode ser facilmente configurado para qualquer tipo de missão, seja à procura de pessoas desaparecidas, monitoramento dos criminosos, a monitoramento de congestionamento de tráfego ou salvar pessoas em perigo.

O pacote policial do EC135 inclui camera FLIR (Forward Looking Infrared), uma câmara digital de alta resolução digital diurna / noturna, SATCOM, GPS, um sistema de mapa digital, rádio digital tetra, um sistema de alerta de colisão FLARM colisão, um sistema de localização tática (tactical direction-finder), um sistema de gerenciamento digital de voo e um sistema de telefonia GSM.

O helicóptero é certificado para vôo IFR (Instrument Flight Rules) e tem um “glass cockpit” aprovado para uso com óculos de visão noturna. Também é equipado com um sistema de “ropping”, gancho de carga e foram adquiridos quatro guinchos de resgate que pode ser opcionalmente instalados em qualquer um dos oito helicópteros, conforme necessário.

O contrato assinado com o estado da Baviera também inclui dez anos de contrato de serviços  “Power-by-the Hour”.

No ano passado, a Baviera Police Helicopter Squadron voou 3.345 missões, num total de cerca de 4.000 horas de voo. Mais de 35 por cento destas missões envolveram buscas de pessoas desaparecidas, outros 15 por cento foram para a investigações criminais, e cerca de dez por cento eram voos de treinamento. Levantamentos fotográficos foram cerca de quinze por cento das missões, principalmente para produzir provas em conexão com investigações criminais. Uma grande variedade de missões de salvamento e de transporte representaram as horas restantes, e incluiu a transferência de criminosos perigosos e a assistência para os serviços de emergência que necessitem de helicópteros com rapidez  ou de equipamentos de tratamento intensivo.

O contrato assinado com a Polícia da Baviera para os oito helicópteros EC135 P2 + custou cerca de 60 milhões de euros.

O bimotor EC135 tem um peso máximo de decolagem de 2,910 kg, um alcance de 645 km e velocidade de cruzeiro rápido de 257 km / h.

Tem uma capacidade de seis ou sete passageiros, além do piloto. Trata-se de uma aeronave econômica e de fácil manutenção, pois representa uma excepcional confiabilidade e custos operacionais extremamente baixos.

Uma das características mais impressionantes do EC135 é sem dúvida a sua baixa assinatura de ruído. Sendo 7 dB mais silencioso que os limites impostos pela ICAO (International Civil Aviation Organization), é o helicóptero mais silencioso da sua classe de acordo com as medições oficiais. Esse nível representa uma redução de ruído perceptível de cerca de 50 por cento em comparação com os helicópteros na mesma classe e de gerações mais antigas.

Um voo silencioso é especialmente importante para clientes que operam sobre cidades e zonas densamente povoadas, como as autoridades policiais e operadores HEMS.


Fonte : Eurocopter via Shephard


- Anúncio -

6 COMENTÁRIOS

  1. 60 milhões de euros por oito EC 135, custa aproximadamente 7,5 milhões de EUROS, cada. Quase, R$ 16,5000.

    Se aqui no Brasil um EC 145 tá saindo à R$ 14,999,000. Meteram a mão nos alemães!!!

    • O contrato assinado com o estado da Baviera também inclui dez anos de contrato de serviços “Power-by-the Hour”.

      Apesar de não estar descrito quais os termos do contrato de serviço, acho que isso é o diferencial do valor. Também me chamou a atenção os valores citados.

      Sobre a emissão de ruídos por helicópteros, é um assunto bastante interessante e muito discutido lá fora (EUA e Europa), onde já existem normas e pressão da sociedade por uma operação mais silenciosa.

      Agora qual a aeronave é a mais silenciosa, isso eu já não sei. Se depender da informação do fabricante, a resposta vai ser lógica.

  2. Uma série de fatores contribuem para o nível de ruído (número de pás do rotor principal e do rotor de cauda, formato dessas pás, material utilizado na composição das pás, peso da aeronave, tipo do rotor de cauda, tipo de operação…) e vejo outras aeronaves atenderem muito mais à esses requisitos do que o EC 135. Porém, como são “dados oficiais”…

    Mena, muito bem observado. O nível de ruído tem sido bastante discutido lá fora. As Associações de Pilotos e Operadores, juntamente com a Sociedade Civil pressionam cada vez mais por medidas mais enérgicas por parte das autoridades competentes. Uma das grandes vitórias foi a determinação de que em regiões densamente povoadas, como grandes cidades, por exemplo, somente aeronaves Categoria A pudessem sobrevoá-las. Essa pressão também vai chegar aqui. A “tentativa” de São Paulo de limitar o tráfego sobre a cidade foi a pioneira no Brasil, mas não tenho dúvidas que em breve as coisas mudam.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários