Equipe do GTA do Amapá resgata menina de 11 anos após acidente em embarcação

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Amapá – Na manhã de sexta-feira (4) uma menina de 11 anos teve parte do couro cabeludo arrancado após os cabelos dela se enroscarem no eixo do motor de uma pequena embarcação. Ela estava indo para escola na comunidade de Vila Progresso, localizada no arquipélago do Bailique, a 180 quilômetros de Macapá.

Menina de 11 anos é resgatada após sofrer escalpelamento (Foto: Jorge Abreu/G1)
Menina de 11 anos é resgatada após sofrer escalpelamento (Foto: Jorge Abreu/G1)

A viagem de barco até a capital dura cerca de 12 horas, mas ela foi resgatada pelo helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) e encaminhada consciente em pouco menos de 1 hora para o Hospital de Emergências (HE), na sede da capital. Não foi informado ainda o estado de saúde dela.

O primeiro atendimento para a vítima escalpelada aconteceu no posto de saúde da Vila Progresso, e segundo o GTA, além da perda parcial do couro cabeludo, ela teve uma leve fratura no crânio.

“Realizamos mais um trabalho de resgate, dessa vez de uma menor vítima de escalpelamento, que uma grave lesão no couro cabeludo. A gente fez todo o procedimento na Vila Progresso, onde fizemos o pouso. Lá, ela já estava sendo assistida pelos profissionais de saúde”, relatou o subtenente da Polícia Militar Waldecir Teles, tripulante operacional do GTA.

Primeiro atendimento aconteceu no posto de saúde do Bailique (Foto: Max Renê/Ascom PMM)
Primeiro atendimento aconteceu no posto de saúde do Bailique (Foto: Max Renê/Ascom PMM)

Fonte: G1

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários