- Anúncio -

Pará – Na manhã desta sexta feira (12), a tripulação baseada em Altamira foi acionada para efetuar uma remoção aeromédica de um paciente da cidade de Uruará para Altamira.

A estrada que liga as duas cidades, Rodovia Transamazônica (BR-230), ficou sem condições de tráfego por conta do transbordamento do rio Uruará, entre as cidades de Medicilândia e Uruará.

O paciente de 73 anos sofreu infarto agudo do miocárdio (IAM) e necessitava chegar até o Hospital Regional de Altamira o mais rápido possível, a fim de receber uma melhor assistência médica.

Logo cedo, o helicóptero Guardião 01 decolou rumo à Uruará e em pouco mais de duas horas o paciente já estava sendo recebido pela equipe médica em Altamira. Dessa vez, muito mais do que a questão do tempo-resposta, o helicóptero foi importante em razão da interdição da estrada, pois não havia outro meio do paciente chegar em Altamira.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários