- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Espírito Santo – No início da tarde de domingo (22), equipe do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (NOTAER) foi acionada pelo Corpo de Bombeiros Militar para resgatar um tripulante de um navio da Libéria, país do continente africano, ancorado a 6 milhas, na região do Porto de Tubarão, litoral capixaba.

O marinheiro, um ucraniano de 34 anos, trabalhava no interior da embarcação Peak Pegasus, quando um cabo de aço se rompeu e o atingiu violentamente na região do abdômen, causando sérios ferimentos. Como o navio estava fundeado em alto mar e possui calado de mais de 30 metros, o resgate pelo Corpo de Bombeiros não seria possível e por isso foi acionado o helicóptero Harpia 06 do NOTAER.

A bordo, dois pilotos e dois operadores aerotáticos realizaram o resgate. A Cap PM Elizabeth após pousar o helicóptero no heliponto do navio, a tripulação adotou todos os procedimentos necessários. A vítima, que estava consciente, com ferimentos e se queixando de dores muito fortes, foi transportada para um hospital particular no município de Cariacica, região metropolitana do Espírito Santo.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários