Minas Gerais – O Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMMG) realiza operações de resgate e remoções aeromédicas todos os dias de neonatos, crianças e adultos, através do Suporte Aéreo Avançado de Vida (SAAV), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).

Recentemente foi acionada para atendimentos de neonatos e crianças. Foi o caso da remoção aeromédica de uma bebê com 28 semanas que nasceu com problemas cardíacos na cidade de Capelinha, MG.

Como ela precisava de cirurgia no coração e a vaga disponível para a especialidade estava em Montes Claros, MG, a equipe aeromédica do helicóptero Arcanjo 05 realizou seu transporte. Outras equipes e aeronaves também são empregadas na remoção de pacientes graves. Foi o que aconteceu com um menino picado por escorpião em Governador Valadares, MG.

O Corpo de Bombeiros empregou o avião arcanjo 07 e o helicóptero Arcanjo 02 para transportar o menino ao Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. O avião levou a criança para o aeroporto da Pampulha, onde foi transferida para o helicóptero e levada direto ao heliponto do hospital, onde uma equipe de especialistas em toxicologia o aguardava.

Outra criança precisou do apoio do Corpo de Bombeiros depois sofrer queimaduras em sua residência, em Itabira. A mãe esquentava o café da manhã usando álcool líquido, pois o gás de cozinha havia acabado. O garotinho de 1 ano e meio estava próximo quando o combustível em chamas atingiu ambos.

O pai acordou com o barulho e apagou as chamas na criança, usando as próprias mãos, que acabaram queimadas. Mãe e filho tiveram grandes queimaduras e o estado da criança era grave. Com o voo do Arcanjo 04, foi possível levar o garotinho de forma rápida até o Hospital de Pronto Socorro João XXIII, que é referência no tratamento de queimados em Minas Gerais. O menino segue em recuperação.

“Com os voos dos Arcanjos é possível atender e conduzir com rapidez e segurança pacientes graves em todo o Estado de Minas Gerias.” declarou o BOA em sua página no Facebook.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

9 − sete =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários