Falha em válvula pode ter obrigado o Águia 2 do BAPM/SC a pousar em Florianópolis

No domingo (04ABR10), o helicóptero Águia 2, da Polícia Militar, precisou pousar em um campo de futebol, próximo da Epagri, no Bairro Itacorubi, em Florianópolis, porque o motor começou a falhar durante o voo de patrulhamento no Morro do Quilombo.

O problema no helicóptero Águia 2, da Polícia Militar, pode estar ligado à falha na válvula de sangria, que controla a saída de ar do compressor (motor). A aeronave é do modelo Esquilo AS350B, fabricado em 1983.

Aeronave é do modelo Esquilo AS350B, fabricada em 1983 - Foto: Ricardo Duarte

No momento do problema, a tripulação pôde ouvir estouros vindos da aeronave. Para prevenir um apagamento completo do motor, o Águia 2 pousou no campo de futebol do Paula Ramos Júnior Futebol Clube, próximo da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

De acordo com o Ten Cel Kern, uma equipe da Helisul, empresa responsável pelo aluguel e pela manutenção do helicóptero, foi até o local neste domingo, fez a revisão da válvula e realizou novos testes, mas não conseguiu solucionar o problema.

A inspeção deve continuar nesta segunda-feira. A aeronave permanece no campo de futebol, protegida por uma viatura da PM, segundo o comandante.

A Polícia Militar deve divulgar nesta terça-feira o resultado da avaliação dos mecânicos no motor do helicóptero Águia 2. O tenente-coronel João Schorne de Amorim, do setor de Comunicação Social da PM, informou que os mecânicos são do Rio de Janeiro.

Quatro militares estavam na aeronave pilotada pelo comandante Adilson Bornhoffen. Ainda conforme o Ten Cel Kern, a falha é incomum e foi descrita em um relatório interno da PM.


Fonte: 1.Diário Catarinense – 2.Diário Catarinense


8 COMENTÁRIOS

  1. Da pane acima relatada, posso afirmar que uma pane do sistema de abertura e controle de combustível, vem a ser uma situação de estresse e que, o elevado grau de profissionalismo do comandante e da tripulação, faz a diferença. Comento desta forma, pois eu estive a bordo do Águia 02 no voo em que ocorreu a pane.

  2. Alguem de SC poderia detalhar melhor o ocorrido ?

    A reportagem não foi muito feliz em relatar tecnicamente o ocorrido.

    Certamente, será muito interessante para todos frequentadores do site.

    Abraço

    Mena

  3. Os Esquilos da Marinha estão apresentando o mesmo problema. Tivemos 8 casos nos últimos meses nas aeronaves sediadas em Manaus EsqdHU-3) e em São Pedro da Aldeia (EsqdHU-1). Na MB o assunto está sendo tratado como incidente aeronáutico.

  4. è muito importante ressaltar a decisão correta tomada pelo mandante Adilson Bornhoffen, a qual permitiu um pouso seguro sem trazer risco para a tripulação e a aeronave.

  5. Olá. Esta pane pode está na bleed, caixa taquimetrica ou vazamento; sujeira no rede de P2 para a bleed. Alguém teria o manual (WTP) da caixa taquimétrica do AS 350 B?

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

11 − 10 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários