- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Rondônia – A Secretaria de Estado da Saúde de Rondônia, em parceria com o Ministério da Saúde e a Força Aérea Brasileira (FAB), transferiu na sexta-feira (5), 16 pacientes com COVID-19 com quadro clínico leve e moderado, para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI) da Fiocruz, no Rio de Janeiro. Por meio dessa parceria já realizaram a transferência de 47 pacientes.

Além da FAB, o avião Resgate 03 (Grand Caravan EX) do Grupamento de Operações Aéreas (GOA) do Corpo de Bombeiros também está sendo utilizado no transportes dos pacientes. Esse avião possui homologação para transportar dois pacientes. Nesse período foram transferidos 73 pacientes para as cidades de Cuiabá (MT), Campo Grande (MS), Vitória (ES), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).

A diretora-executiva da Sesau, Amanda Diniz, coordenadora da Missão COVID-19, conta que com mais esse embarque, Rondônia já conseguiu transferir 120 pacientes. “É uma luta diária, contra o tempo para conseguir leitos para os nossos pacientes, tendo em vista que a nossa estrutura de saúde já está no limite da capacidade”, salientou a diretora.

No transporte realizado pela FAB, foram levados 16 pacientes (11 mulheres e cinco homens), acompanhados por dois médicos, uma enfermeira e quatro técnicas de enfermagem. O voo durou quatro horas, com uma escala em Cuiabá.

O avião C-99 Condor da Força Aérea Brasileira (FAB) foi adaptado para receber os pacientes mais graves que precisam viajar de maca. A médica, Victória Elise Gomes de Souza, vem acompanhando essas transferências desde o início e comentou que durante toda a viagem, independente do estado de saúde do paciente, é preciso um monitoramento constante.

“Essa doença é traiçoeira e o paciente pode piorar de uma hora pra outra. Nós vivemos em estado de apreensão e só conseguimos relaxar um pouco quando os pacientes são repassados para a outra equipe médica, nesse caso do INI no Rio de Janeiro, que está recebendo nossos pacientes”, ressaltou a médica.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários