- Anúncio -

Acre – Obedecidos todos os trâmites legais, o novo helicóptero do Governo do Estado decolou na segunda-feira (07), da cidade paulista de Ribeirão Preto, em direção ao Acre. A previsão é que a aeronave modelo AS 350 B2 (Esquilo) chegue em Rio Branco na próxima quinta-feira, 10, após percorrer cerca de 2,5 mil quilômetros.

A informação foi confirmada pelo próprio governador Gladson Cameli. O gestor liderou e acompanhou todo processo que culminou na autorização da Justiça Federal em São Paulo para que o governo acreano utilize o helicóptero em missões de resgate de pacientes em regiões de difícil acesso e no enfrentamento ao crime, sobretudo, nas regiões de fronteira com Bolívia e Peru.

Cameli destacou que o suporte de mais uma moderna aeronave é fundamental para atender a população que vive em locais longínquos e será essencial para o combate de ilícitos transfronteiriços. O gestor lembrou ainda que o helicóptero não custou nada aos cofres do governo.

Governo do Acre recebe novo helicóptero para missões de resgate e combate ao crime. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Estou muito feliz por saber que todo nosso esforço valeu a pena e que este helicóptero chegará ao nosso estado nos próximos dias. Fico mais feliz ainda por ter a certeza que esta aeronave vai ajudar a salvar muitas vidas e também será estratégica para o nosso Batalhão de Fronteira atuar combatendo crimes como tráfico de drogas e armas. Em menos de um ano de governo, esta já é a segunda aeronave que conseguimos para o Acre a custo zero e vamos continuar trabalhando com essa mesma dedicação para aumentar a nossa frota”, enfatizou o governador.

Com capacidade para transportar quatro passageiros e dois tripulantes, a cessão do helicóptero foi confirmada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) em junho deste ano e concluída no último mês de setembro após o Tribunal Regional Federal da 3ª Região confirmar a seção de uso ao Estado do Acre.

Em apenas dez meses, graças ao esforço do governador Gladson Cameli, a frota de aeronaves do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) triplicou. No início do ano, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) cedeu um avião bimotor Sêneca III com capacidade para sete passageiros e um tripulante que chegou ao Acre no fim de agosto e já está sendo utilizado nas mais diversas missões.

“Agora temos três aeronaves, duas adquiridas nesses 10 meses da nova gestão. O governador mostrou que mesmo com pouco recurso, mas com muita garra e força de vontade, é possível fortalecer a estrutura do estado”, destacou o coronel Cleiton Almeida.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários