Governo do Paraná entrega helicóptero para policiamento e resgate

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

O secretário estadual da Copa, Mario Celso Cunha, participou nesta quinta-feira (27), da solenidade onde o Governo do Estado entregou uma nova aeronave ao Grupamento Policial-Resgate Aéreo (Graer) do Paraná, durante solenidade de aniversário de um ano do grupo, realizada no Aeroporto do Bacacheri, em Curitiba. A entrega foi feita pelo secretário estadual da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar. O helicóptero, modelo B4, soma-se a outras quatro aeronaves usadas no policiamento e resgate em todo o Estado.

O secretário anunciou, em nome do governador Beto Richa, a compra de mais duas aeronaves nos próximos três anos. “Com a entrega desta aeronave começamos a consolidação de uma das metas do governo, que é o fortalecimento do Graer. O grupamento terá novas bases no interior, a primeira prevista para Foz do Iguaçu, e duas novas aeronaves serão adquiridas”, disse Almeida Cesar.

O grupamento é formado por 34 integrantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros e por dois policiais civis, e conta com quatro helicópteros e um avião. Neste ano, o Graer passou a apoiar as ações das polícias Militar e Civil, do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil. Desde outubro do ano passado, foram 364 missões, 112 salvamentos e 184 ocorrências policiais.

O secretário da Copa destacou as ações do Governo do Estado e falou sobre a importância dos investimentos na área da segurança pública. “O governador Beto Richa vem cumprindo as promessas de campanha, equipando de forma concreta os órgãos de segurança do Paraná”, disse Mario Celso Cunha. “Os helicópteros terão grande utilidade também no projeto Copa do Mundo 2014”, concluiu.

VÍNCULO – O grupamento passa a ser vinculado diretamente à Secretaria da Segurança Pública. “O grupo tem missão importante que é policiamento e fiscalização, mas tem outra muito mais importante, da ajuda humanitária, do resgate e salvamento, missões até agora com muito êxito, que tornam o Graer uma referencia no Brasil na atuação da aviação operacional aeropolicial”, afirmou o secretário.

Para o comandante-geral da PM em exercício, coronel Júlio Ozga Nóbrega, os dados comprovam que, por mais que sejam equipamentos de alto custo manutenção, o investimento compensa, pelo salvamento de vidas. “Recentemente participei de um socorro aéreo a uma vítima levada de Guaraqueçaba ao Hospital de Paranaguá no litoral, no qual a participação do helicóptero foi decisiva para o salvamento daquela vida; isso foi feito em minutos, de carro poderia levar mais de uma hora”, exemplifica Nóbrega.

AERONAVE – O helicóptero entregue na quinta-feira (27) custou pouco mais de R$ 6,9 milhões e foi adquirido com verba do governo federal, recebida pelo convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). O Eurocopter EC-130, modelo B4, com matrícula PR-Bop, tem capacidade para sete pessoas e pode ser adaptado para trabalho policial e aeromédico.

Segundo informações do Graer, numa parceria com a empresa fornecedora do produto, a Helibrás, de maneira inédita no Brasil a aeronave está sendo adaptada para atendimentos neonatal. “É um helicóptero moderno que pode ser configurado para atendimento médico e policial, além de ter capacidade para carregar uma tonelada de carga externa, pendurada por um cabo”, disse o comandante do Graer, tenente-coronel Orlando Arthur da Costa.

A pintura da aeronave, o camuflado urbano, também é inédita. Ela foi desenvolvida no Paraná, e está motivando outras unidades de polícia do Brasil a utilizá-la. “Esta aeronave tem equipamentos e instrumentos de tecnologia que vão propiciar melhor atendimento à população nas ocorrências de polícia, de bombeiro, de resgate e de defesa civil, como já aconteceu neste ano, na operação Águas de Março”, ressaltou.

Também participaram da cerimônia de aniversário o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas, o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Hércules William Donadello, o delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinícius Michelotto, o secretário municipal Antidrogas de Curitiba, Nazir Abdalla Chain, o superintendente do Aeroporto do Bacacheri, José Osmann, e o gerente de vendas governamentais da Helibrás, Mauro Aires, além de outras autoridades civis e militares, e convidados.

Foto1 e 2: cabo Manoel Gomes/PMPR.

Foto3: Helibras© / Piti Reali.

Fonte: AEN

- Anúncio -

2 COMENTÁRIOS

  1. A pintura da aeronave, o camuflado urbano, também é inédita. Ela foi desenvolvida no Paraná, e está motivando outras unidades de polícia do Brasil a utilizá-la.

    Na Verdade essa pintura foi desenvolvida pelo Editor-Chefe da Revista Forças de Defesa Alexandre Galante.

  2. Muito motivante a pintura da aeronave, o camuflado urbano ficou excelente no visual. Sí a moda pega, todos os grupamentos aéreos das polícias do nosso país irão utilizar. O Editor da Revista Forças de Defesa foi feliz na idéia. Valeu, ………….

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários