GRAESP/PA realiza “pouso teste” para construção de um heliponto no HRBA

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Com o objetivo de facilitar o resgate de pacientes oriundos de outros municípios e locais de difícil acesso, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), em Santarém/PA, e o Grupamento Aéreo (GRAESP/PA) realizaram na tarde da última terça-feira (02/4), um “pouso teste” da aeronave Guardião 5. O teste atraiu a atenção de um grande público e marcou um novo tempo para a saúde pública da região, que poderá utilizar as dependências do HRBA para recepção de pacientes transportados por meio do serviço aeromédico.

Heliponto hospital

O sargento do Corpo de Bombeiros do Pará, Cleison Martins, explicou que atualmente a equipe do resgate aéreo é composta por 16 integrantes, que por meio de revezamento, prestam um importante serviço à população.  “O objetivo é prestar apoio a segurança pública como um todo. Esse é um trabalho que já exercemos em Belém, Altamira, Marabá e agora aqui em Santarém”, explicou o sargento.

Além do militar que realiza a parte de salvamento, e resgate pelo Corpo de Bombeiros, a equipe também conta com policiais civis e militares. O Grupamento Aéreo é composto de piloto, co-piloto, mecânico, auxiliar de mecânico, dois tripulantes e apoio de solo. Em Santarém, este será o primeiro heliponto estruturado. “O heliponto ainda não está homologado. Mas, já serve como base para pouso por ser uma área segura para fazer o transbordo de material e pessoas. A região oeste possui municípios muito distantes e com resgate aéreo, o tempo resposta será bem menor e com o pouso no HRBA será muito melhor”, enfatizou o militar.

Heliponto hospital 3

Para a secretária Adjunta da Sespa, Heloísa Guimarães, o apoio do Grupamento Aéreo demonstra comprometimento do Governo do Pará com a saúde pública do oeste paraense. “Esta iniciativa traz uma maneira segura e ágil de atendimento à população. É uma experiência vitoriosa na região metropolitana. Além do helicóptero, nossa intenção é também disponibilizar outro meio de salvamento aéreo para atender os pacientes graves de urgência e emergência”, complementou.

O Diretor Geral do HRBA, Hebert Moreschi, falou que este foi apenas um teste uma vez que, devido sua boa localização, o hospital poderá servir de base para acolhimento de pacientes vindos de outros municípios. “Nós construímos esta parceria com o Grupamento Aéreo para que tenhamos esta base aqui no hospital. Assim, o paciente que vier de outro município será resgatado, conforme o seu perfil de atendimento. Esta ação demostra o resultado dos investimentos feitos e os avanços na saúde pública da nossa Região”, finalizou o Diretor.

Fonte: Ascom / HRBA

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários