Grupamento Aéreo da PM de São Paulo utilizará simulador para treinamento de pilotos policiais

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Em 27 de junho de 2014 o Grupamento de Radiopatrulha Aérea da PMESP, contratou a Empresa CAE do Brasil para aquisição de 525 horas de instrução em seu simulador FTD 7 de AS-50 (Esquilo).

As horas no referido simulador serão destinadas ao treinamento de procedimentos de emergência, de todos os seus pilotos policiais, no referido modelo de aeronave.

Com o apoio do Comando do GRPAe, a Escola de Aviação do GRPAe desenvolveu o projeto para aplicação de simulador de voo no treinamento de pilotos buscando com essa iniciativa agregar mais segurança às Operações Aéreas de Segurança Pública e Defesa Civil, padronizar procedimentos operacionais, aumentar a oportunidade de treinamento de cada piloto da Organização e potencializar sua capacidade de formação de Pilotos Policiais.

Simulador CAE

Trata-se de um projeto inovador na Aviação de Segurança Pública que também propicia economia, pois, o valor da hora no simulador chega a ser quatro vezes menor que na aeronave real. Vantagens como a preservação da frota de aeronaves, aumento da disponibilidade para a operação, melhor qualificação de pilotos no cenário operacional, sedimentam a confiança da Organização em um bom retorno desse investimento nas pessoas.

A responsabilidade ambiental e sustentabilidade também merecem destaque, possibilitando que a Corporação contribua com a redução da emissão de resíduos poluentes na atmosfera, redução de ruídos e de consumo de fluidos decorrentes da operação com aeronaves.

“Nesse modelo de simulador (FTD 7) é possível criar uma condição quase real para o treinamento de procedimentos de emergência, que em um helicóptero real não seria possível em razão dos riscos. A simulação de voo acelera a experiência, possibilitando uma preparação mais técnica do piloto, permitindo que experimentem uma grande variedade de situações de voo”, afirma o Capitão Baracho, Coordenador do projeto.

Fonte: GRPAe

- Anúncio -

3 COMENTÁRIOS

  1. Vejo como uma ação real de Segurança Operacional, contribuindo diretamente com Operações Aéreas de Segurança Pública mais seguras.

    Bons voos, com boa gestão!

  2. Srs Gestores de OASP , fica disponível esse projeto que desenvolvi ao longo do ano de 2013 até meados de 2014. Foi fruto de um trabalho de pesquisa e que, com apoio do Cmt do GRPAe, se concretizou. Agradeço às pessoas de boa fé que me auxiliaram e contribuíram com o trabalho. É em respeito a essas pessoas que ofereço esse conhecimento para que todos possam aproveita-lo em favor da preservação da vida, do meio ambiente e da segurança operacional de nossas operações aéreas.
    Também me coloco à disposição para qualquer esclarecimento sobre o referido projeto.

    Bons voos, com boa gestão!

  3. Este é um marco importante para o GRPAe: seus 110 pilotos policiais passarão a contar com essa importante ferramenta de treinamento e gestão da segurança operacional.
    Sem dúvida uma conquista que veio para ficar!
    Parabéns ao GRPAe no ano em que comemora seu Trigésimo Aniversário e todos que contribuíram com este Comandante para que isso se tornasse realidade.
    Cel Gambaroni
    Cmt do GRPAe

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários