- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Amapá – O Grupo Tático Aéreo (GTA) do Amapá, composto pela Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, é um órgão executivo subordinado à Secretaria de Justiça e Segurança Pública, cuja finalidade é promover a gestão, integração e otimização dos meios e recursos aéreos disponíveis em missões de resgate, busca e salvamento, combate a incêndios, degradação ambiental, defesa civil, além de policiamento ostensivo e repressivo.

Uma de suas missões é o transporte humanitário de pessoas enfermas que se encontram em localidades com poucos recursos e de difícil acesso. Nesses casos o transporte aéreo é o meio mais eficiente para salvar vidas. Por isso são acionados para prestar socorro nessas áreas.

Tripulação do GTA do Amapá realiza remoção de homem de 45 anos com complicações de saúde na Vila São Benedito, AP. Foto: Divulgação

Na tarde de domingo (02), equipe do Grupo Tático Aéreo (GTA) socorreu uma criança de 10 anos da Comunidade do Maracá. O garoto caiu de uma árvore e sofreu perfuração na região do ombro.

A aeronave decolou por volta das 16h40 e em 35 minutos a equipe estava atendendo o menino. Uma ambulância do SAMU aguardava o helicóptero Gavião 01 no aeroporto de Macapá (base do GTA), de onde conduziu para o Hospital de Emergência.

Na sexta-feira (31), um homem de 45 anos, diagnosticado com hemiplegia nos membros inferiores, com fortes dores abdominais, cianose das extremidades, hipertenso e diabético foi transportando pelo helicóptero do GTA de Vila São Benedito (Rio Salvadorzinho) para Macapá, onde uma ambulância do SAMU aguardava para transporte ao hospital.

Tripulação do GTA do Amapá realiza remoção de homem de 45 anos com complicações de saúde na Vila São Benedito, AP. Foto: Divulgação

Na quarta-feira (22), uma moça de 15 anos e uma criança de 9 anos foram atendidas pela equipe médica da Unidade Básica de Saúde Fluvial da Prefeitura de Macapá, em Vila Maranata, no arquipélago do Bailique, distante cerca de 200 Km da capital.

A equipe médica da UBS Fluvial classificou o quadro clínico das pacientes como necessário de atendimento especializado urgente em Macapá, e solicitou ajuda do GTA para fazer a remoção delas até a capital.

A jovem de 15 anos apresentava desidratação grave, desnutrição, anemia e dispinéia, enquanto que a criança mostrava sintomas de apendicite aguda, quadro de vômito, febre e dores abdominais. O resgate das duas pacientes foi concluído com sucesso.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários