Heli-Expo 2011: AgustaWestland inicia venda de seu novo AW169

A AgustaWestland está usando a Heli-Expo 2011 para fazer o lançamento comercial de sua nova aeronave AW169, uma aeronave multi-função, bimotora, na classe de 4,5 toneladas, que foi revelado durante a Farnborough International Airshow, em Julho de 2010.

De acordo com Giuseppe Orsi, AgustaWestland CEO, a empresa agora irá começar a receber pedidos de compra para o helicóptero, que está programado para fazer seu primeiro vôo em 2012.

Numa conferência de imprensa a Heli-Expo, funcionários disseram que o programa AW169 está “progredindo como planejado”, com a certificação prevista para o final de 2014 e o início das entregas imediatamente depois. Um tamanho mock-up do AW169 estava exposto durante a Heli-Expo 2011.

O AW169 foi concebido em resposta à crescente demanda do mercado para uma maior flexibilidade de missão e capacidades multi-função na classe 4.5 toneladas, e para satisfazer as necessidades atuais e as futuras normas mais rigorosas de operadores em todo o mundo. O AW169 será certificado em conformidade com a última alteração do JAR/FAR 29 e JAR-OPS3. Em particular, será compatível para Categoria A, Classe 1 e IFR para as operações com um ou dois pilotos.

A AgustaWestland está orientando o AW169 especificamente para atividades policias, serviços de emergência médica, transporte de passageiros, offshore e outros mercados de serviços públicos. A cabine desobstruída terá um volume de 6,3 metros cúbicos (222,48 pés cúbicos) e será capaz de acomodar de oito a dez passageiros, dependendo da configuração, ou, alternativamente, duas macas transversais ou longitudinais.

A AgustaWestland também está divulgando as tecnologias do AW169 e prometeu elevados padrões de segurança, incluindo o afastamento dos rotores, a capacidade de operação com um motor inoperativo em todas as fases do vôo, proteção de contenção de ruptura do motor e uma caixa do rotor principal com capacidade de operação a seco de 30 minutos .

A aeronave será equipada por motores de nova geração Pratt & Whitney Canada PW210 controlados por FADEC na classe de 1.000 cavalos de potência do eixo, proporcionando o máximo de eficiência e baixas emissões. (Os motores também são compatíveis com os biocombustíveis).

A AgustaWestland também promete que a aerodinâmica do rotor vai dar o AW169 uma baixa assinatura de ruído, bem abaixo dos limites regulamentares.


Fonte: AgustaWestland


3 COMENTÁRIOS

  1. Boa Noite,

    A Agusta Westland acredito que em breve vai ser a opção de muitas Policiais no Brasil,pois é uma aeronave muito moderna,e pelo o que parece(com o AW 119 Koala Ke,no BAPM-GRAER-PMSC)é muito eficiente e adequada as operações da mesma.
    Sobre o AW169,sem dúvida é uma aeronave linda,e que poderia ser uma ótima opção para algumas Policiais do Brasil.Além disso finalmente teremos uma aeronave,realmente focada para as operações das Policiais.

    Abraços a todos.
    Daniel Ramos de Oliveira.

  2. Certamente será um concorrente para o EC 145 ou para o Dauphin e para o Bell 412. Tem a cabine com volume próximo, motores com potencia parecida, mesma capacidade de transporte, Cat A, IFR, etc… Vai depender da carga útil que ele oferecer.
    O que chama a atenção é que o novo modelo a ser lançado, busca de imediato o mercado “law enforcement”, o que mostra que há demanda mundial para aeronave desse porte na aviação policial.

    CMTE AYRES – PLAH 0552

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

2 × quatro =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários