Helibras destaca tendência de uso de helicópteros biturbina na segurança pública durante Interseg

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Modelos como o EC145 já estão sendo utilizados para serviços de segurança e atendimento médico em diversos estados brasileiros

O mercado de segurança pública vem apresentando uma nova demanda de helicópteros com o passar dos anos. Especialmente para as corporações que já possuem aeronaves, mas querem renovar a frota ou elevar a potência de seus serviços aéreos, tem sido crescente a procura por helicópteros biturbina multimissão para atividades de segurança, polícia e transporte aeromédico no Brasil.

EC145 Ciopaer CE 1

Essa tendência observada pela Helibras fez com que o modelo EC145 ganhasse destaque em diversos estados do país. As vantagens da aeronave e sua alta capacidade serão um dos atrativos da Helibras durante a participação na Interseg 2014 – Feira Internacional de Tecnologia, Serviços e Produtos para Segurança Pública, que será realizada entre 9 e 11 de setembro, em Florianópolis (SC).

Por oferecer amplas portas corrediças e entradas traseiras tipo concha, o acesso à cabine é bastante ágil e facilita o transporte de pacientes em macas e de equipamentos médicos ou policiais. Além disso, maior potência do motor, alcance e autonomia de voo oferecem mais segurança e precisão para as operações de risco. “O uso de helicópteros leves de duas turbinas nesse tipo de missão é um caminho sem volta que já havíamos observado em outros países do mundo, e que só tende a crescer no Brasil”, disse François Arnaud, Vice-Presidente Comercial e Marketing da Helibras.

O EC145 da frota de Segurança Pública do Estado da Bahia, por exemplo, passou por customização e inclusão de equipamentos e acessórios na fábrica da Helibras para tornar-se uma aeronave capaz de realizar também atendimentos médicos. Entregue ao estado em 2012, o helicóptero desempenha diversas missões de segurança, com capacidade de voar por instrumentos de dia e de noite e possibilidade de transportar tropas com dois pilotos e nove policiais equipados.

O modelo apresenta alcance de mais de 650 km e dimensões que possibilitam manobrabilidade em espaços restritos, como em determinadas áreas de grandes centros urbanos, estradas e clareiras em mata fechada. A velocidade máxima de 145 knots e os mais modernos sistemas de navegação também são importantes aliados em missões de segurança.

O EC145 é um biturbina utilizado em todos os segmentos do mercado – civil, governamental e offshore – em diversos países. No Brasil, iniciou suas operações policiais na configuração multimissão no estado do Maranhão, em 2011.
“É uma aeronave altamente versátil e atende a muitos requisitos que podem servir, futuramente, até os segmentos mais complexos, como o militar”, comentou Arnaud, referindo-se à versão EC645, utilizada pelo Exército dos EUA.

O modelo já opera em segurança pública e atendimento médico na Bahia, Maranhão e Ceará. Recentemente, em Minas Gerais, o EC 145 configurado exclusivamente para o transporte aeromédico foi adquirido pela Secretaria de Saúde e será operado por meio de uma parceria entre o Corpo de Bombeiros Militar e o SAMU – Serviço de Atendimento Médico de Urgência, o que possibilitou a utilização do primeiro biturbina dedicado a operações médicas com suporte avançado de vida no estado.

Serviço

Interseg – Feira Internacional de Tecnologia, Serviços e Produtos para Segurança Pública
Data: 9 a 11 de setembro
Local: Centro de Convenções Centro Sul – Florianópolis, SC

Ficha técnica EC145 (T2)

Capacidade
1 piloto + 9 ou 10 passageiros
2 Pilotos + 8 ou 9 Passageiros
1.500 kg de carga no gancho

Pesos
Peso máx. de decolagem: 3.650 Kg
Peso máx. de decolagem com carga externa: 3.650 Kg
Peso vazio: 1,919 kg

Motorização
2 turbinas TURBOMECA ARRIEL 2E
Potência máx. de decolagem por motor: 894shp

Desempenho (com peso máximo de decolagem)
Velocidade máx. (VNE): 268 km/h
Velocidade de cruzeiro rápido: 248 km/h
Razão de subida: 9,3 m/s
Teto de serviço: 18.000 ft
Autonomia com tanque standard: 3 horas 35′
Alcance máximo com tanque standard: 670 km

Dimensões
Comprimento (com rotor girando): 13.6 m
Comprimento da fuselagem (incl. rotor traseiro): 11.65 m
Altura das Pás do Rotor principal: 3,10 m
Diâmetro do rotor principal: 11,00 m

Fonte: Convergência Comunicação Estratégica.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários