Uruguai – Um helicóptero Bell 212 da Força Aérea Uruguaia (FAU) que levava vacinas da Pfizer contra a COVID-19 caiu na noite de quarta-feira (24). As 186 doses tinham como destino a cidade de Rocha e Chuy, sudeste do Uruguai. Os quatro tripulantes sofreram ferimentos e não correm risco de morte.

Segundo informações preliminares do Ministério da Defesa Nacional, a aeronave sofreu uma pane mecânica e o piloto precisou fazer um pouso de emergência, e no choque com o solo incendiou-se. O piloto decidiu pousar quando escutou um ruído. Ele pousou em um campo. O helicóptero pegou fogo em seguida”, disse o general. Uma investigação foi iniciada para apurar o que aconteceu.

O General Luis Heber De León, comandante em chefe da Força Aérea Uruguaia, explicou que o FAU 030 é um helicóptero do ano 1980 com 1.640 horas de voo. Apesar do acidente e da perda das vacinas, Rocha e Chuy já estão com as doses necessárias para dar continuidade ao plano de vacinação.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

treze − nove =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.
Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.

Comentários

comentários