Helicóptero da PM da Paraíba não será utilizado no carnaval

As Forças de Segurança Pública da Paraíba vão empregar um efetivo de 6540 homens e mulheres durante todo o período de Carnaval no Estado, incluindo as prévias carnavalescas, a partir de sexta-feira (17) até 1º de março.

O policiamento vai abranger ações de prevenção e repressão à violência nos locais de festa e adjacências, com foco no enfrentamento aos crimes contra a vida, patrimoniais, assim como na apreensão de armas e drogas. As atividades dos bombeiros estarão concentradas na prevenção aquática, combate a incêndios, atendimento pré-hospitalar e busca e salvamento em locais de difícil acesso.

Efetivo e equipamentos empregados

carnavalpbAs festas vão contar com reforço de 5300 policiais militares, distribuídos de acordo com o porte dos eventos em todo o Estado. Todos os tipos de policiamento serão efetuados. Para dar segurança aos foliões, a Polícia Militar também vai utilizar câmeras de monitoramento na área dos eventos, além de drones.

Já a Polícia Civil vai empregar um efetivo de 718 homens e mulheres, entre delegados, agentes de investigação, escrivães e motoristas policiais, entre outros servidores, que atuarão em três áreas de superintendência e suas respectivas regiões: João Pessoa, Campina Grande e Patos.

Durante o Carnaval na Paraíba, o Corpo de Bombeiros vai disponibilizar um efetivo de 500 homens por dia de festa. Quanto ao período das prévias carnavalescas em João Pessoa, serão reforçados 329 homens em suas atividades de prevenção na água e ainda para combate a situações de incêndios. O reforço também vai acontecer com busca e salvamento e atendimento pré-hospitalar.

Helicóptero

Instrumento apontado como de extrema importância para a segurança do estado, o helicóptero da Polícia Militar permanece em manutenção e não deve ser utilizado durante os festejos de carnaval.

Helicóptero Acauã

“Há uma previsão de tentar empregar o helicóptero no carnaval, no entanto ele continua na revisão. É uma revisão extremamente delicada. Em se tratando de segurança, nós não podemos negligenciar essa manutenção. Temos que pensar nos policias que pilotam, mas também na população que está embaixo”, explicou o secretário-executivo de Segurança e Defesa Social do Estado, Jean Nunes.

O comandante da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, explicou que o trabalho de reforçar a segurança será iniciado no próximo sábado (17) e se estende até o dia 1 de março. Segundo ele, haverá um incremento de 33% no número de viaturas que estarão nas ruas e em 6% do efetivo.

Fonte: Governo da Paraíba e MaisPB.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

16 − nove =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.
Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.

Comentários

comentários