Helicóptero da PM é acionado oito vezes para fazer resgates de risco só este ano

Espírito Santo – Neste ano pelo menos oito resgates aéreos foram feitos pelo Núcleo de Operações e Transportes Aéreos da Polícia Militar do Estado (Notaer). No último domingo (31), o Núcleo precisou fazer dois voos para resgates no Mestre Álvaro, em Vitória.

O primeiro atendimento foi a uma menina de 16 anos que teve um mal súbito ao fazer uma subida ao morro e o outro foi para levar bombeiros até um ponto do local onde estavam um grupo que não conseguia retornar da caminhada.

304580139-notaer-es

São quatro aeronaves que atendem todo o Estado, com equipes que trabalham 24 horas por dia. “Geralmente somos acionados pelo 190 ou 192, a situação é avaliada e começamos um trabalho conjunto entre equipes de médicos, bombeiros e policiais”, afirmou o capitão do Notaer, Welligton Kunsch

Segundo ele, muitas pessoas se arriscam a fazer caminhadas em lugares onde não conhecem. “O Mestre Álvaro é um morro de difícil acesso, a caminhada para subida é de quatro horas, cansativa e demorada, diferente do Morro do Moreno que tem trilha para subir a pé e também de veículo, e demora cerca de uma hora e meia”, explicou Kunsch.

O capitão alertou para riscos que grupos despreparados sofrem nesses locais, como hipotermia, insolação, e risco de picaduras de animais peçonhentos. Os casos mais frequentes de resgates são pessoas que passam mal ou sofrem lesões e não conseguem retornar.

Fonte: Folha Vitória.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

cinco × três =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários