- Anúncio -

Bahia – Na tarde de terça-feira (20), na BR 101, km 720, em frente a Unidade Operacional (UOP) da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Eunápolis, sul da Bahia, um helicóptero Bell 407, PT-YZF, da PRF acidentou-se. A aeronave estava com três tripulantes. De acordo com a PRF, o piloto foi socorrido no local por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e não precisou ser levado para uma unidade médica. Ele passa bem. Os outros dois tripulantes não ficaram feridos.

Segundo informações preliminares, o piloto ao tentar aproximação para pouso colidiu com uma placa estática da PRF. O helicóptero teve danos de grande monta nos esquis e no cone de cauda. Segundo a ANAC a aeronave está com sua aeronavegabilidade em dia. As circunstâncias serão investigadas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) e o local se encontra isolado para perícia.

Esse helicóptero é operado pela Polícia Rodoviária Federal da Bahia e estava sendo utilizado na Operação Lábaro, desenvolvida em todo o Brasil no combate aos crimes nas fronteiras e também em violência no trânsito.

Atualmente a Divisão de Operações Aéreas (DOA) da PRF possui nove helicópteros denominados “Patrulha”. Sendo de três modelos distintos: 05 Bell 407, 01 Bell 412 EP e 03 EC-120B; estes, mais conhecidos como Colibri. Há ainda dois aviões, sendo um Piper Sêneca III e um Cessna Grand Caravan. Além disso, conta com seis bases regionais operando em todo o Brasil, além de sua sede em Brasília.

A DOA fez 20 anos de operações aéreas em julho desse ano e é referência em ações policiais e de resgate aeromédico em todo o Brasil.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários