- Anúncio -
G1 Rio, TV Globo e GloboNews

Rio de Janeiro – Dois prédios desabaram na Muzema, comunidade na Zona Oeste do Rio, na manhã desta sexta-feira (12). O resgate de uma das vítimas dos escombros dos prédios que desabaram foi marcado por uma cena de emoção. O helicópteros fizeram diversos voos durante o dia e foram utilizadas duas aeronaves nos resgates. A última vitima retirada dos escombros foi uma criança de 13 anos, levada de helicóptero ao hospital.

Bombeiros tiraram um morador ferido dos escombros e o levaram para o alto de um prédio da região. Enquanto um helicóptero do Corpo de Bombeiros se aproximava, os bombeiros se esforçavam em um trabalho minucioso para colocar a maca com a vítima dentro da aeronave.

Bombeiro comemora após concluir um resgate de ferido em queda de prédios na Muzema — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

O helicóptero ficou pouco mais de um minuto no pairado sobre o prédio, mas sem encostar na laje, que não suportaria o peso. Rapidamente, o ferido foi colocado dentro da aeronave.

Após o salvamento, os bombeiros se emocionaram e celebraram o resgate com gritos e abraços. Em entrevista exibida pelo Jornal Hoje, o bombeiro identificado como Ricardo comemorou de braços abertos e punhos cerrados: ” Obrigada meu Deus, obrigada”.

A vítima foi levada para uma unidade hospitalar. Até o momento, há a confirmação de que dez pessoas morreram, oito ficaram feridas e 14 desaparecidas. Os bombeiros trabalham desde cedo no resgate das vítimas e tiveram dificuldades para acessar o local.

Itens como água, oxigênio e até um gerador tiveram que ser levados para o local do acidente pelos militares e com a ajuda dos moradores. Antes da chegada do Corpo de Bombeiros, moradores se esforçavam na missão de encontrar sobreviventes entre os escombros.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários