Acre – No sábado (24), uma idosa de 75 anos foi a primeira paciente a ser transportada no helicóptero Harpia 03 (AS350B2), recém incorporado na frota do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) do Acre. A aeronave foi doada pela Secretaria Nacional de Segurança e chegou ao estado no último dia 16 de julho.

A paciente transportada teve complicações após contrair COVID-19. Uma equipe do CIOPAER e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Rio Branco realizaram a remoção aeromédica. A idosa estava internada no hospital regional do Alto Acre, localizado no município de Brasiléia e não tinha condições de saúde para ser transportada de ambulância.

“Nós saímos de Rio Branco com uma enfermeira e um médico do SAMU. Chegando ao hospital, se reuniram para o processo de estabilização da paciente. Ela estava entubada e precisava ser monitorada durante toda a viajem. O voo de volta a Rio Branco durou cerca de 45 minutos e a paciente foi entregue à uma ambulância que a esperava no aeroporto da capital com sucesso”, explicou Alexandre Vasconcelos, piloto do helicóptero.

Para esse tipo de operação, a cabine do helicóptero foi adaptada para que uma equipe de saúde do SAMU pudesse acompanhar a paciente durante o voo. Além disso, a equipe teve a sua disposição insumos, equipamentos médicos e cilindro de oxigênio portáteis.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

2 × 4 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários