- Anúncio -

Pará – Na sexta-feira (15), o Hospital de Campanha de Santarém, oeste do Pará, recebeu uma idosa de 81 anos, com suspeita de COVID-19. Ela foi transferida pelo helicóptero Saúde 01 do município de Óbidos para Santarém. Ela chegou por volta de 12h30. O pouso aconteceu no quartel de Corpo de Bombeiros e, em seguida, a paciente foi levada pela de ambulância até o Hospital de Campanha.

A idosa apresentava síndrome respiratória, mesmo pertencendo ao grupo de risco, seu quadro clínico era estável, como explicou o médico da equipe aeromédica. “A paciente está bem, mas no momento ela precisa de um suporte maior que não teria no seu município de origem. No hospital de Campanha ela será avaliada, fará tomografia de tórax para ver a possibilidade de melhoras e, então receber atendimento específico. Mesmo um caso suspeito, não podemos descuidar da paramentação, porque os exames que constatam a infecção pelo coronavírus geralmente demora alguns dias para sair o resultado. Então vamos tratando todos como se fossem casos confirmados,” destacou o médico Igor Sousa.

Idosa com suspeita de COVID-19 é transportada para Hospital de Campanha de Santarém, PA. Foto: Ronilma Santos/CRGSP.

A idosa deu entrada no serviço de urgência e emergência do Município de Óbidos no dia 10 de maio, o material biológico para teste de coronavírus foi coletado e enviado ao Laboratório Central (Lacen), em Belém.

O serviço de Aeromédico é uma medida do Governo do Estado, para ajudar no tratamento de pacientes suspeitos ou confirmados de COVID-19. “O transporte aeromédico é uma providência do Estado do Pará, muito importante. Ouvimos muitos pacientes nos dizerem que é, literalmente, uma “ajuda que vem do céu“, um serviço fundamental para salvarmos vidas nessa região por conta da nossa localização geográfica. O transporte aeromédico reduz consideravelmente o tempo de atendimento dos pacientes, e essa foi um decisão pessoal do governador Helder Barbalho que, certamente, foi muito acertada,” explicou o secretário Regional de Governo do Oeste, Henderson Pinto.

O Hospital de Campanha de Santarém, localizado no Espaço Pérola do Tapajós, dispõe de 120 leitos, distribuídos em uma área de 3,6 mil metros quadrados, que atende as regiões do oeste do Pará, Baixo Amazonas, Xingu e Tapajós.

Segundo o último boletim emitido no final da manhã de sexta-feira (15), 40 pacientes estavam internados no local, 10 foram transferidos e 35 receberam alta. No total, 85 pacientes já passaram pelo Hospital de Campanha do município.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários