Ceará – Na segunda-feira (4), a Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará iniciou mais uma turma do Curso de Formação de Operador de Suporte Médico. A aula inaugural foi ministrada pelo médico Michael Moreira Cruz Gonçalves Santana e contou com a presença do diretor-geral da AESP, coronel PM Antonio Clairton Alves de Abreu; do coordenador da CIOPAER, coronel aviador Darley Oliveira de Sousa; e da diretora-geral do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU Ceará), enfermeira Eliana Cristina Silva de Lima.

Médicos e enfermeiros iniciam capacitação para atuação na CIOPAER do Ceará. Foto: SSPDS.

Esta é a terceira edição do curso promovido no Estado e visa a formação de médicos e enfermeiros para o desempenho da função de operador de suporte médico da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (CIOPAER), conforme preceitua o Regulamento Brasileiro de Aviação Civil nº 90.

Ao todo, 27 profissionais participam da capacitação, sendo dezessete médicos e dez enfermeiros. Para ingressar no curso, eles foram submetidos a um processo seletivo que incluiu a apresentação de exames médicos, teste de aptidão física e teste de proficiência em Atendimento Pré-Hospitalar (APH).

“De 98 inscritos, nós temos 27 alunos iniciando o curso, que tem a duração de quatro semanas e os alunos vão ter instruções que vão desde teoria de voo, segurança de voo, educação física até medicina aeroespacial, além de salvamento em altura, salvamento aquático, salvamento terrestre. Eles vão ter uma noção básica de como que é a operação da aeronave, do transporte aeromédico, e no resgate de pessoas feridas”, explicou o coordenador do curso, major PM Cleriston de Oliveira, que também é piloto e oficial de segurança de voo da CIOPAER.

Médicos e enfermeiros iniciam capacitação para atuação na CIOPAER do Ceará. Foto: SSPDS.

O curso vai até o dia 31 de outubro e contemplará disciplinas de táticas específicas de operação em alturas, de salvamento aquático, de salvamento terrestre; noções básicas de teoria de voo e navegação aérea e noções de meteorologia e geografia.

Atendimento aeromédico na CIOPAER

A Unidade Aérea Pública possui quatro bases: Fortaleza, Quixadá, Juazeiro do Norte e Sobral. Missões aeromédicas estão entre as ações desenvolvidas pela unidade e acontecem por meio de uma parceria entre as secretarias da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e da Saúde (SESA).

A CIOPAER dispõe de duas aeronaves com UTIs embarcadas e outros dois modelos H135, embarcados com equipamentos portáteis. A coordenadoria da SSPDS conta hoje com nove médicos e 11 enfermeiros.

Médicos e enfermeiros iniciam capacitação para atuação na CIOPAER do Ceará. Foto: SSPDS.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

sete − 4 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários