NOTAer e SAMU concluem curso de Gerenciamento de Recursos na Aviação

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Integrantes do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (NOTAer) do Governo do Estado e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), concluíram, no último dia 18, o curso de Gerenciamento de Recursos (CRM) ministrado pelo Grupamento de RadioPatrulha Aérea de São Paulo (GRPAe). Ao todo 48 integrantes das instituições que compõem a unidade aérea estadual (Polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros Militar), além de médicos e enfermeiros do SAMU participaram do treinamento, realizado em Vitória.

1526773_825705150801516_9158580762026626566_n

A equipe foi dividida em duas, cada uma frequentando dois dias de atividades, com duração total de 18 horas. O curso é voltado para o reconhecimento das limitações humanas, melhoria na comunicação interpessoal e gestão da tomada de decisões, buscando o desenvolvimento do trabalho em equipe e o controle e minimização do erro humano na atividade aeronáutica.

Três oficiais do GRPAe, incluindo um psicólogo e uma médica de voo ministraram o curso, desenvolvendo dinâmicas de grupo para melhoria da autoconsciência, autocontrole e comunicação interpessoal dos participantes, sempre buscando desenvolver a cultura de segurança de voo da unidade.

Um dos tripulantes operacionais que participou das dinâmicas, cabo Cezar Andrade, destacou a importância da sintonia da equipe para o exercício da atividade aérea. ”O curso foi fundamental para aprimorar nossa comunicação interpessoal e profissional”, destacou o tripulante que atua há oito anos no NOTAer.

De acordo com o chefe da Seção de Segurança de Voo do NOTAer, Maj Paolo Quintino, o CRM é uma ferramenta moderna e tem se mostrado valiosa na melhoria da gestão de pessoas e consequente prevenção aos acidentes aeronáuticos. “A ênfase no fator humano e melhoria na qualidade de vida no trabalho é uma das grandes metas da Segurança de Voo em nossa unidade”, destacou Quintino. “Agradecemos enormemente à disponibilidade e competência do major Freixo, capitão Montovani e Dra Fabiana”, completou o oficial.

Treinamento constante: base da formação da equipe NOTAer

A realização do CRM faz parte da doutrina de treinamento continuado e a cultura de segurança de voo do NOTAer, que segue os padrões das Agências Reguladores, Escolas de Aviação e Centros de Treinamento Nacionais e Internacionais de Aviação.

A formação de um comandante de aeronaves do NOTAer leva até cinco anos, regulada por um Programa de Capacitação Técnica dividido em etapas com graus crescentes de exigência técnica e responsabilidade. Neste mês de Novembro três pilotos do NOTAer, os capitães Pinheiro, Pablo e Marcelo completaram com sucesso todas as fases de formação e, após aprovados pelo Conselho de Voo da unidade, foram promovidos à comandante de aeronave

A formação e o treinamento dos tripulantes operacionais dos Harpias não é diferente. Entre 1998 e 2013 foram formadas quatro turmas de tripulantes, no total de 57 profissionais habilitados. Desde a primeira turma, o curso foi reconhecido como um dos melhores do país, recebendo integrantes das Polícias Militares de outros estados como Goiás, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, além do Exército Brasileiro.

De acordo com o subsecretario da Casa Militar, tenente coronel Daltro Ferrari, a unidade acompanha as inovações nacionais e mundiais na capacitação de material humano para a atividade aérea. “A demanda pelo emprego de helicópteros nas atividades de defesa social é crescente e exige treinamento constante dos profissionais da área”, destaca Ferrari. O subsecretario ressalta que o NOTAer investe também na formação e especialização das equipes de manutenção aeronáutica, contribuindo para economia e segurança absoluta nos processos de manutenção de aeronaves.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários