- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Acre – O Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) recebe na próxima sexta-feira (02), mais uma aeronave, um helicóptero Esquilo B2. Batizado de Harpia 04, a aeronave foi adquirida pelo governo do Acre com o dinheiro do seguro do Harpia 01, totalmente danificado em um acidente sem vítimas no início deste ano.

Desde a semana passada, a equipe do CIOPAER está em São Paulo agilizando a documentação e testando a aeronave para o voo até Rio Branco. O coordenador do CIOPAER, Naick Trindade, disse que os pilotos fizeram voos para testes na aeronave e avaliaram todos os itens de segurança. Um mecânico também integra a equipe da Secretaria de Segurança na missão.

Painel de controle do helicóptero Esquilo B2. Foto: CIOPAER.

O governador Gladson Cameli afirmou que o serviço é uma necessidade, principalmente para as populações que vivem nos lugares mais remotos e distantes das cidades. “A vinda desse helicóptero será muito importante para darmos continuidade aos serviços realizados com muita competência pelos nossos guerreiros do CIOPAER em todos os municípios acreanos. O nosso objetivo é fortalecer a frota de aeronaves do governo, para que possamos atender quem mais precisa e ajudar a salvar vidas”, afirmou Cameli.

O secretário de Segurança Pública, coronel Paulo Cézar dos Santos, destacou o empenho da equipe desde o acidente com a antiga aeronave até a liberação do novo helicóptero. “Nossa equipe se empenhou sem limites para que o Acre não ficasse no prejuízo por causa daquele acidente. Tínhamos a certeza de que o seguro iria cobrir a aquisição de uma outra aeronave, porque estávamos com todas as obrigações em dia. Demorou um pouco além do que prevíamos, mas na sexta-feira, 2, o novo Harpia vai aterrissar aqui para reforçar as importantes ações que o CIOPAER sempre desenvolveu”, reforça.

O novo Harpia é do mesmo modelo do anterior, um Esquilo B2, porém mais novo, moderno e com menos horas de voo. Tem capacidade para transportar seis pessoas, incluindo a tripulação. O helicóptero, fabricado em 2013, possui cerca de 500 horas de voo.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários