Oficiais do Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo recebem Medalha Santos Dumont

- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

A Medalha Santos Dumont, concedida nos graus ouro, prata e bronze, foi criada pela lei estadual nº 1.493/MG de 16 de outubro de 1956 para comemorar o cinquentenário do primeiro voo com um aparelho mais pesado que o ar. Este voo, realizado em 23 de outubro de 1906, pelo mineiro Alberto Santos Dumont, inspira a comenda que busca o reconhecimento de aviadores civis e militares e a pessoas que tenham contribuído, de modo relevante, para o desenvolvimento da aviação no País.

Medalha Santos Dumont 5

A versão 2013 da Medalha Santos Dumont, considerada uma das mais importantes honrarias conferidas pelo Governo de Minas Gerais, ocorreu no dia 25 de outubro na Fazenda Cabangu, no município de Santos Dumont/MG – cidade natal do aviador.

Na oportunidade foram agraciadas 123 personalidades, dentre elas empresários, políticos, militares, professores, jornalistas e artistas que participaram da solenidade acompanhados de ilustres autoridades como o governador do Estado, Antônio Anastasia, o vice-governador Alberto Pinto Coelho, do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Dinis Pinheiro, do presidente do Tribunal de Justiça, Joaquim Herculano, do prefeito de Santos Dumont, Carlos Alberto Ramos de Faria, e do comandante da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar), Brigadeiro do Ar Alex Picchi Izmailov.

Medalha Santos Dumont 4

A solenidade foi honrosamente presidida pelo governador Antônio Anastasia que ao discursar afirmou ser preciso valorizar a ciência, a inovação e a criatividade, no Brasil:

 “a evolução da Ciência e da Tecnologia, como tantos outros aspectos de nossa formação, foi afetada e influenciada pelo período colonial, e se confunde, de certa forma, com a história da luta pela liberdade em Minas Gerais”.

Em outro trecho do seu discurso, o governador de Minas ressaltou:

“É preciso valorizar o revolucionário esforço de se fazer ciência, de se promover e praticar a invenção, a inovação, a criatividade, neste país, considerando-se os imensos obstáculos que tivemos de encarar na gênese da Nação e do Estado. O mineiro incorpora o desafio da paisagem. Seu olhar sempre busca o que há além dos rios, dos vales e das montanhas. Ou o que há acima das nuvens que com elas se confundem. E não há mineiro que tenha sonhado mais em romper com esses limites, impostos pela natureza ao homem, do que o mineiro Alberto Santos Dumont, inspirador e patrono desta medalha”.

Medalha Santos Dumont 3

A aviação policial de Minas Gerais, legitimamente representada pelo Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo, se fez presente na solenidade quando foi agraciada com duas das medalhas Santos Dumont conferidas na oportunidade.

O Comandante do BTL RPAer, Ten Cel Ledwan Salgado Cotta,  recebeu a promoção da medalha ao grau prata e ao Subcomandante, Maj Flávio Vieira Medeiros foi conferida a comenda no seu grau bronze.

Ten Cel Ledwan recebe a medalha grau prata do Ex Sr Governador Antonio Anastasia

As honrarias recebidas, além de tornarem orgulhosos os milicianos de Tiradentes que as receberam, materializaram todo o reconhecimento e o respeito à aviação da Polícia Militar de Minas Gerais, que há 27 anos emprega o invento de Santos Dumont em prol da liberdade, proteção e socorro de todo o povo mineiro.

Maj Medeios e Ten Cel Ledwan condecorados com as medalhas grau bronze e prata, respectivamente.

Fonte: Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo/MG

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários