Paraná envia helicóptero para ajudar vítimas das chuvas no Rio de Janeiro

O governador Beto Richa liberou neste sábado (15) o envio de um helicóptero EC130B4 do Corpo de Bombeiros para ajudar nas atividades de resgate e assistência às vítimas dos desastres provocados pela chuva na região serrana do Rio de Janeiro, que causaram mais de 550 mortes nos últimos dias, conforme solicitação do Governo Federal, por meio da Força Nacional. 

A aeronave segue sob o comando do tenente-coronel Orlando Artur da Costa e apoio de um mecânico de manutenção. Neste domingo (16), eles devem iniciar o trabalho nas operações de resgate, apoio para médicos em pontos isolados e para encaminhar mantimentos a áreas mais sensíveis e de acesso difícil da região afetada.

Além do helicóptero, equipado com maca, cordas e outros equipamentos de resgate e primeiros socorros, cinco policiais altamente capacitados, incluindo o comandante do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, tenente-coronel Orlando Artur da Costa, compõem a equipe. “O grupo foi composto desta forma para que seja autossuficiente, levando todo o material necessário para o funcionamento do helicóptero para não dar trabalho às outras equipes”, explica o tenente-coronel Artur.

VIAGEM – O helicóptero partiu às 15h30 em direção a Ubatuba (São Paulo) onde abastecem a aeronave; depois seguem para o Rio de Janeiro, pernoitam em Jacarepaguá e, seguem para a região serrana. As chuvas começaram dia 11 e já provocaram, além das mortes, deslizamentos de terra e lama, desabamentos e soterramentos.

A aeronave, adquirida em 2009, tem autonomia para três horas e meia de vôo e capacidade para seis pessoas mais os equipamentos. “Ficaremos à disposição da Secretaria da Segurança Pública do Rio de Janeiro apoiando nos resgates e condução de equipamentos e mantimentos. A grande dificuldade lá é o acesso por terra”, disse Artur.

A equipe enviada já vivenciou outras situações similares com a do Rio de Janeiro, porém de proporções menores, como é o caso de Santa Catarina que foi atingida por fortes chuvas em 2008. “Foram 25 dias de trabalho intenso, por isso estamos preparados para a atividade. Além disso, já realizamos diversos salvamentos no estado, por exemplo, na Operação Viva o Verão”, informa o comandante.

BOMBEIROS – O governo também já tem disponível 20 policiais militares, integrantes do Grupo de Operações e Socorro Tático (Gost) do Corpo de Bombeiros, preparados para seguir ao Rio de Janeiro assim que for necessário. Os homens que compõem o Gost são especializados em buscas entre destroços e já atuaram no resgate de vítimas de alagamentos de Santa Catarina, e também do rompimento da barragem de Algodões, em maio do ano passado, no Piauí.

Dados do Governo do Rio de Janeiro apontam que já são 5,5 mil famílias desabrigadas na região serrana: 1,5 mil em Petrópolis; 2,5 mil em Teresópolis e 1,5 mil em Nova Friburgo. A tragédia é considerada a maior catástrofe natural já registrada no País. Desde então, continua a chover nas cidades, dificultando o resgate de sobreviventes e a retirada de corpos, além de aumentar o risco de novas tragédias.

DONATIVOS – Desde sexta-feira (14), a Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, em parceria com a Defesa Civil do Paraná, iniciou uma campanha solidária para mobilizar a sociedade paranaense na arrecadação de donativos às vítimas dos temporais no Rio de Janeiro.

Os donativos podem ser entregues nos quartéis do Corpo de Bombeiros em 48 municípios, e nos 57 postos dos Bombeiros Comunitários em todo o Estado. “Estamos convocando todos os parceiros, entidades sociais, empresários da iniciativa privada e as pessoas que puderam ajudar, para participar desta mobilização nacional em benefício das famílias do Rio”, disse a secretária da Família, Fernanda Richa.

Podem ser doados alimentos não perecíveis e de consumo imediato, como enlatados, barras de cereais, leite em caixa ou em pó, água potável e bolachas. A Defesa Civil pede que as doações sejam entregues preferencialmente em caixas ou embalagens fechadas, para reduzir as perdas e facilitar o transporte.

PRODUTOS – É muito importante que, além de alimentos, a população leve também aos postos dos Bombeiros produtos de higiene pessoal (pasta de dente, sabonetes, absorventes femininos e fraldas, infantis e geriátricas) e produtos de limpeza, como água sanitária, detergente, baldes e sabão. Cobertores e colchonetes também são necessários, mas não é preciso enviar roupas e colchões.

A Defesa Civil do Paraná convoca voluntários para ajudar no recebimento dos materiais. Os interessados podem ligar para o número da Defesa Civil – (41) 3350-2607. Empresas que tenham caminhões para transporte podem ajudar, porque o volume de doações deve ser muito grande e exceder a capacidade dos caminhões disponíveis no Governo do Estado.


Fonte: Agência Estado do Paraná.


8 COMENTÁRIOS

  1. FAVOR ENVIAR AO COMANDO DAS OPERAÇÕES ,PRIMEIRAMENTE E UM SONHO E UM DEVER SALVAR VIDAS E GOST SABE FAZER COM SUCESSO,FORÇA E HONRA,
    SOU DA DIRETORIA LIGA DE TRAUMA E EMERGENCIA,COORDENADOR DA ENFERMAGEM DA LATRE SAMU-UNIPAC/ ACADEMICO DE ENFERMAGEM SAMU JF MEMBRO DA LIGA DE TRAUMA E EMERGENCIA 2010 e 2011 TECNICO DE ENFERMAGEM SOS-UNIMED/MEDILAR,EXPERIENCIAS:EMERGENCIA HOSPITAL MONTE SINAI E CTI-CIRURGICO SANTA CASA DE MISERICORDIA DE JF.Srs,é com satisfação que me coloco a disposição para ser voluntario sem fins financeiros na base operacional e resgate e salvamento as vitimas da chuvas do RIO e compor minhas habilidades como enfermeiro do ATLS e outros na tripulação da equipe do GOST nos procedimentos ou protocolos no local poderam ser regulados pelos médicos via celular ou rádio.aguardo sua resposta.obg pela atenção.

  2. Prezados amigos do site PILOTO POLICIAL:

    Exercendo a função de Coordenador das Operações Aéreas da Força Nacional frente ao estado de calamidade no Rio de Janeiro, consegui total e irrestrito apoio do TC BMPR Artur para o deslocamento imediato de sua aeronave EC 130 B4 com tripulação completa para o RJ.

    Para ser justo, o mesmo ocorreu quando solicitei helicópteros das seguintes unidades aéreas:

    1- POLÍCIA MILITAR DE SÃO PAULO (TC SEVERO),

    2 -POLÍCIA CIVIL DE SÃO PAULO (Dr ROBERTO),

    3 -POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS (CEL LAÉRCIO),

    4 – POLÍCIA MILITAR DO ESPÍRITO SANTO (MAJ NOVARETTI),

    5 – CIOPAer do MATO GROSSO (MAJ TOMAS),

    6 – GTA do MARANHÃO (Cmte CACO), e

    7 – CIOPAER do CEARÁ (TC MONTEIRO).

    Pude perceber que a AVIAÇÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA é mesmo uma grande família e TODOS, sem exceção, atenderam prontamente o chamado da FORÇA NACIONAL para auxiliar nas tragédias ocorridas em meu estado.

    Por questões estritamente OPERACIONAIS, não pude deslocar mais helicópteros para o Rio de Janeiro pois o espaço aéreo no local da calamidade já está congestionado!!

    No local já estão 2 (dois) AS 350B2 da PMESP, 1 (um) EC 130B4 do GRAER/PR e nesta segunda-feira dia 17/01/2011 chega ao RJ o EC 145 do GTA/MA.

    Se preciso sei que temos AMIGOS PARCEIROS em todo o país e basta um telefonema para que o pessoal já corra para suas aeronaves.

    Muito obrigado a todos os Comandantes que se colocaram à nossa disposição, bem como os outros Comandantes que não foram acionados mas que, COM CERTEZA, também estão prontos para nos ajudar!

    Bons voos a todos!!

    Cmte Rodrigo Duton – MAJ PMERJ / FN
    AEAP/DFNSP/SENASP/MJ

  3. Na postagem anterior esqueci-me de citar um “pequeno detalhe”:

    A aeronave AS350B2 “NACIONAL 01”, da FORÇA NACIONAL, foi deslocado de Brasília para o RJ na quinta-feira dia 13/01/2011, chegando na capital do Estado na sexta-feira 14/01/2011 e entrando imediatamente em operação na região serrana.

    A tripulação do NACIONAL 01 é composta por:

    Comandante: TC CBMERJ RAMMON DIAS,

    2P: CAP PMPA JOMIRES,

    TRIPULANTE OPERACIONAL 1: SD PMAL SEIXAS,

    TRIPULANTE OPERACIONAL 2: SD PMMT HONEY.

    Aos bravos guerreiros e amigos da FORÇA NACIONAL, bons voos e boa missão!!!

    FORÇA! BRASIL!!

    Cmte Rodrigo Duton – MAJ PMERJ / FN
    AEAP/DFNSP/SENASP/MJ

  4. Parabéns ao Ten Cel Artur e a todos os demais órgãos de Segurança Pública que estão nesta gloriosa missão.
    Sabemos do valor que tem. Quando se fizeram presentes em Santa Catarina deixaram a imagem da competência e profissionalismo.
    Tenham certeza que muitos de nós catarinenses, inclusive eu, gostaríamos de estar nesta missão.
    Grande abraço e que Deus guie suas mãos nesta árdua empreitada.

    Cap Machado
    2ª Companhia do BAPM SC

  5. Agradeço ao estado do Paraná pela liberação da aeronave EC130 – B4 e a todos que estão contrinuindo com esta missão nobre. Provamos que temos capacidade de mobilização e que estamos prontos para grandes eventos, no que tange a mobilização de aeronaves. O CONAV está fazendo história neste país. Parabéns a Aviação de Segurança Pública do Brasil.

    TC Gonçalves
    CONAV-SENASP
    2011-2012

  6. É MUITO CONFORTANTE VER OS CÓ-IRMÃOS ALADOS TOTALMENTE DISPONÍVEIS NO AUXÍLIO ÀS VÍTIMAS DA REGIÃO SERRANA DO RIO DE JANEIRO.
    NESSES MOMENTOS É QUE VEMOS QUE NÃO EXISTEM FRONTEIRAS QUANDO O ASSUNTO É SOCORRIMENTO PÚBLICO, E QUE OS NOBRES GUERREIROS DO AR, INDEPENDENTE DO ESTADO FEDERATIVO QUE ESTÃO SEDIADOS,SÃO ETERNAS SENTINELAS AVANÇADAS AO “BEM SERVIR”.
    AOS IRMÃOS QUE DEIXARAM O CONFORTO DE SEUS LARES, PARA ENFRENTAR O DESCONHECIDO E O INUSITADO, FAÇO VOTOS QUE NOSSO BOM DEUS OS PROTEJA E QUE OS LEVE EM SEGURANÇA DE RETORNO AO SEIO DE VOSSAS FAMÍLIAS APÓS O CUMPRIMENTO DA NOBRE MISSÃO.
    CAP PMPE ROMILDO – ASP92.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

quinze + quatro =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários