Polícia Federal pede “sequestro” de helicóptero R44 usado pelo tráfico

Piauí – A Polícia Federal quer transferir para a União a posse do helicóptero apreendido quarta-feira (04/07) na cidade de Picos (PI). A aeronave pertence a um homem acusado de fazer parte de uma quadrilha especializada em tráfico de drogas.

A possibilidade de “sequestro” do aparelho foi levantada pelo delegado Wellington Santiago Silva, da Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado da PF no Piauí. “Vamos pedir na Justiça o perdimento desse bem”, informou assim que a aeronave modelo R44 aterrissou em Teresina, capital do Piauí.

Uma quadrilha interestadual utilizava o helicóptero para transportar drogas. Parte do bando foi preso em Iguatu, município do Ceará, ao descarregar quase 200 kg de cocaína. Os outros três foram detidos ao aterrissar em Picos, na noite de ontem.

A PF monitorava o grupo há três meses. A droga apreendida abasteceria redes de tráfico cearenses. “A destinação final seria Fortaleza e as principais cidades do Estado”, informa o delegado Wellington Santiago.

Com a prisão dos cinco acusados, a polícia espera desmantelar toda a quadrilha. Os GPSs encontrados na aeronave e com o piloto serão fundamentais para mapear a rota dos traficantes até o Ceará. “A perícia nos equipamentos vai apontar de onde eles partiram e que rota usaram”, explicou o tenente-coronel Cleiton Gomes, piloto do Grupamento Tático Aeropolicial (GTAP) da Polícia Militar do Piauí.

O aparelho foi transferido de Picos para Teresina nesta quinta-feira (05), onde permanecerá sob custódia da Polícia Militar (PM). Com autonomia de voo de 3h20, a aeronave apresenta desgastes nas pás das hélices, o que é um indicativo de que fazias pousos improvisados em áreas rurais.

Fonte: Portal O Dia.

3 COMENTÁRIOS

  1. Essa Aeronave poderia ser transferida para algum Grupamento de Polícia aeréa como caso da Paraíba onde já tem Pilotos Políciais Formados equipando com farol de busca e Flir para serviço Policial ,num primeiro momento até onde chegar uma aeronave de maior porte Multimissão para serviço Policial e Resgate Bombeiro ! abraços .

  2. Essa aeronave poderia ser doada para o GTA do Amapá, onde existem pilotos policias altamente qualificados para operações na qual já eram realizadas. A aeronave esquilo que o Grupamento Tático Aerotransportado possuía, era alugado de uma empresa terceirizada e por falta de pagamento, a aeronave foi devolvida prejudicando o serviço operacional, que era atividades de policiamento preventivo e repressivo, busca e salvamento, atendimento pré-hospitalar, defesa civil e fiscalização ambiental.
    As autoridades deveriam avaliar com atenção a doação deste equipamento, que seria de suma importância para a população do estado.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

dois × dois =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários