Piloto policial ferido após colisão com pássaro

Um helicóptero policial foi forçado a fazer um pouso de emergência à noite depois de colidir com um pombo, que após quebrar o para-brisas da aeronave, atingiu o rosto do piloto.

O helicóptero Robinson da polícia de El Monte, Califórnia/EUA,  estava voando perto de Baldwin Park, com o piloto e um passageiro, quando foi interceptado por um bando de pombos.

Um pássaro voou para dentro da cabine do helicóptero e atingiu o piloto no rosto.

O piloto ferido manteve o controle do helicóptero, declarou estado de emergência e conseguiu pousar em um campo de uma escola.

Os paramédicos atenderam o piloto no local e levou-o para o hospital local com ferimentos leves. O nome do piloto não foi divulgado.

O passageiro não se feriu. O acidente foi em 23/11/2010.


Fonte: KTLA


4 COMENTÁRIOS

  1. Vivi experiência idêntica em 2008, quando estava de Co-piloto na aeronave Fenix da PMERJ.

    O Comandante da aeronave, por reflexo, desviou de um grande pássaro que estava oculto na escuridão da Ponte Rio-Niteroi e a ave colidiu no meu para-brisa!!

    Por sorte nao fui atingido no rosto… para piorar estávamos sem capacete!!

    Hoje aprendi a lição: Voo policial sempre com 2 pilotos, todos com capacete de voo e atencao redrobrada com pássaros e obstáculos ocultos na escuridão da noite!!

    Bons voos a todos.

    MAJ PMERJ Rodrigo Duton – PCH
    AEAP/DFNSP/SENASP/MJ

  2. CONCORDO EM GÊNERO, NÚMERO E GRAU COM AS COLOCAÇÕES DO Sr. MAJ RODRIGO DUTON, QUANDO O MESMO FALA DA OBRIGATORIEDADE NO VOO DO PILOTO SEGUNDO EM COMANDO E DOS EPI’s (CAPACETE + MACACÃO E LUVA DE NOMEX).
    SERVE PARA NOSSA REFLEXÃO ESSE RELATO.
    FIQUEM COM DEUS,
    CAP PMPE ROMILDO – ASP92.

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

vinte − dezenove =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários