Polícia Militar mostra eficiência do Radiopatrulhamento Aéreo em Presidente Prudente/SP

Implantado em março deste ano em Presidente Prudente, o Radiopatrulhamento Aéreo desenvolve eficiente trabalho em nível regional. O aparelho é empregado tanto na repressão quanto prevenção ao crime, bem como em ações conjuntas com as polícias Rodoviária, Ambiental e Federal. O serviço foi apresentado oficialmente ao prefeito Milton Carlos de Mello ´Tupã` (PTB) na manhã desta quarta-feira (28).

A apresentação foi feita pelo comandante do Comando de Policiamento de Área do Interior (CPI-8) coronel Homero de Almeida Sobrinho, seguida de vôo em companhia do prefeito Tupã sobre todas as regiões urbanas. “O aparelho permite uma visão ampla da cidade, mas também possibilita ver detalhes, o que revela a sua importância para o policiamento e oferece segurança à população”, disse Tupã.

“O maior mérito desta conquista é das lideranças regionais, especialmente as de Presidente Prudente que sempre reivindicaram o helicóptero. Aliás, tudo que solicitamos da Secretaria de Segurança Pública temos conseguido, em termos de recursos humanos e equipamentos. Outras cidades – como Piracicaba, Sorocaba e São José do Rio Preto –, com população e índice de criminalidade maiores também queriam o aparelho”, comentou o coronel Sobrinho.

O comandante do Radiopatrulhamento Aéreo, capitão André Paulo de Oliveira Mafuz, contou que serve Presidente Prudente e região em inúmeras ocorrências. O tempo de resposta a um chamado é rápido. São apenas dois minutos para decolar e no máximo quatro minutos para chegar ao local da ocorrência, se for em Prudente. Na região, depende da distância de cada um dos outros 53 municípios da área de abrangência do CPI-8.

O capitão Mafuz preferiu não destacar alguma missão como a mais importante, ao falar à imprensa local. Citou atuações como prisões de assaltantes, localização de traficantes com entorpecentes e em eventos de grande mobilização de pessoas, como são os jogos no estádio municipal Prudentão. Também comentou sobre apoios oferecidos às ações da Polícia Rodoviária, bem como a Polícia Ambiental junto com a Polícia Federal no combate à pesca ilegal no Rio Paraná, na divisa dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Enquanto aguarda licitação para construção da base do Radiopatrulhamento Aéreo no aeroporto Adhemar de Barros, a Polícia Militar utiliza o hangar da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste). “Muitas coisas em Prudente tem acontecido graças às parcerias, como nesse caso da Unoeste, através da reitora dona Ana (Cardoso Maia de Oliveira Lima”, disse o prefeito Tupã e agradeceu em nome da população de Presidente Prudente.


Fonte : Grupo Notícia


Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

sete + 11 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários