Polícia Nacional da Colômbia adquiriu duas aeronaves para treinamento de pilotos policiais

O Diretor Geral da Polícia da Colômbia, General Oscar Naranjo e o Governador de Cundinamarca, Andrés González, entregaram, em 07/02/2010, duas aeronaves Cessna 172-SP, adquiridos através de um acordo interinstitucional com o INPEC, que serão utilizados para instrução e formação dos pilotos policiais da Colômbia.

As aeronaves, cujo fabricante é a Cessna Aircraft Company, foram adquiridos nos Estados Unidos, com características específicas para a formação e instrução dos pilotos policiais, dentre as quais, destacam-se, voo diurno, noturno e por instrumentos.

A Escola de Aviação Policial da Colômbia formou, nos últimos anos, mais de 650 pilotos da Polícia Nacional e outros 20 de outras policias, como Chile, Panamá, Bolívia, Equador, Peru e República Dominicana, além de pilotos militares do Exército e da Marinha Nacional. A Escola também formou 436 técnicos e tecnólogos em aeronaves de asa fixa e asa rotativa, os quais trabalham na manutenção da frota aérea da instituição.

Este Centro de Formação tem sido certificado em vários de seus processos, como Registros Calificados en Tecnología, Registros Calificados en Especialización de Pilotos Policiales, além da Certificação da Gestão da Qualidade ISO 9000-2000.


Fonte: Polícia Nacional da Colômbia


Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

2 × quatro =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários