Policiais do Btl RpAer/MG usam, agora, macacão verde e antichamas

Os 21 pilotos e os 19 co-pilotos do Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo – BtlRPaer da Polícia Militar de Minas Gerais estão, desde a manhã desta quinta-feira, 4, usando um novo  equipamento de proteção individual, denominado Macacão Antichamas. Produzida com tecido meta-aramida, a nova farda, verde, é acompanhada por diversos acessórios, como bonés, luvas e camisetas.
“A partir de agora, os oficiais – pilotos e comandantes de operações aéreas – e tripulantes operacionais atuarão com mais tranquilidade em operações de alta complexidade”, destacou o comandante do Batalhão, Tenente-Coronel Láercio dos Reis Gomes. O oficial informou que o macacão será utilizado durante o serviço operacional da Guarnição de Radiopatrulhamento Aéreo – GuRpAer e também pelos pilotos das Companhias de Radiopatrulhamento espalhadas por todo o Estado.

AÇÃO

Conforme o chefe da Assessoria de Comunicação da unidade, Capitão Didier, os pilotos atuam, dentre outras atividades, em cumprimento às ordens de serviço que requeiram o emprego da aeronave em resgate em locais de difícil acesso, transporte de órgãos, traslado de autoridades e combate a incêndio florestal. Outras atividades dos pilotos, incluem instruções práticas de voo, realização de voo de manutenção e em estandes para demonstrações e palestras.

Após explicar que o macacão é confeccionado com material semelhante ao usado por pilotos de fórmula-1 e em coletes à prova de balas, o Ten Cel Láercio observou que a segurança dos pilotos da sua unidade é de fundamental importância, tendo em vista que eles, sempre que em todas as ocasiões, devem estar tecnicamente preparado para atuar em ocorrências dos mais  diversos tipos em todo o Estado.

“Em caso de incêndios, por exemplo, se o piloto estiver usando o novo macacão, ele será protegido de queimaduras nos primeiros momentos. Quer dizer, ele terá alguns minutos para escapar sem ferimentos provocados pelas chamas”, explica o oficial.

A Ajuda que Vem do Céu. Este é o slogan do Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo, que está instalado no hangar do aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Conta, atualmente, com sete aeronaves de asas rotativas, mais conhecidas como helicópteros, todos Pégasus. O seu trabalho de proteção à população e em apoio a outras unidades da Corporção é cada vez mais reconhecido em toda a Minas Gerais. (Alexandre França)


Fonte: PMMG


7 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns aos amigos da Polícia Militar pela aquisição. “Qualidade no trabalho” é essencial para quem tem como meta oferecer o melhor serviço à população.

    Este é um mais um detalhe que contribui para o alto nível do Corpaer (Brpaer).

    Abraço a todos

    Cap Thiago Miranda, Cmt Op Aéreas CBMMG

  2. Parabéns aos amigos da Gloriosa Polícia Militar Minas Gerais,esquadrilha pégasus.Essa aquisição é muito importante para tripulação. Segurança em primeiro lugar.

    Abraços a todos.
    Sub Ten William,TOP.BAT OP AÉREAS-CBMMG.
    “Voando para salvar”

  3. A segurança na operação garante o foco na missão.

    A evolução da doutrina de segurança deve alcançar todos os órgãos que operam, dia a dia, nos limites das máquinas.

    Parabéns pela atuação e pelo bom exemplo!

    Cap CBMMG Kleber Castro
    Cmte Operações Aéreas

  4. Parabéns aos amigos da PMMG, nos do corpo de Bombeiros ficamos muito feliz com a aquisição dos macacões de vôo. Só uma pergunta, nos éramos apelidados de melancia e agora vocês, kiwi?

  5. Fico feliz pelos companheiros por este grande passo visando a segurança dos que operam por estes ceus do nosso Brasil………abraços a todos e digo que daqui a mais um tempo irei puplicar neste site um sistema que ira revolucionar a forma de operar os mais diversos sistemas e equipamentos usados em nossas ACFT e sistema este desenlvolvido e testado tendo embasamento tecnico especifico no qual ira almentar a segurança daqueles que estão na ponta da lança…..aguardem

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

três − dois =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários