- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Estados Unidos – Em agosto de 2020, a primeira tripulação exclusivamente feminina do Med Flight da UW Health alçou voo. Em 17 de agosto, a pilota Kai Ficek, a médica Cynthia Griffin e a enfermeira Deborah Volgarino, tornaram-se a primeira tripulação composta apenas por mulheres da UW Health. Ficek é também a primeira mulher a pilotar um helicóptero aeromédico da operadora.

“Queremos que as meninas nos vejam e se inspirem”, disse Volgarino. “Nosso trabalho adquiriu um novo significado além da incrível responsabilidade de cuidar de pacientes gravemente enfermos e feridos, especialmente durante a pandemia de COVID-19.”

Primeira tripulação feminina da operadora aeromédica UW Health dos EUA fez seu primeiro voo

As mulheres representam 40% da equipe de transporte da Med Flight, trabalhando como pilotas, motoristas, médicas, enfermeiras, terapeutas e especialistas em comunicação. Elas respondem a pacientes gravemente enfermos ou feridos em um helicóptero ou em uma das duas ambulâncias do Med Flight.

O primeiro voo da tripulação feminina ocorreu na base regional do Hospital Divine Savior, em Portage, Michigan, EUA. Com 3 helicópteros (H145 e H135), a Med Flight possui três bases. Além de Michigan, as outras bases ficam em Wisconsin e em Iowa. O programa Med Flight atende a região tanto por via terrestre quanto aérea, em um raio de 250 milhas entre Wisconsin, Iowa, Illinois, Michigan e Minnesota.

Estabelecida em 1985, o UW Med Flight oferece atendimento médico especializado e registra mais de 1.000 voos por ano. O UW Health é um dos poucos serviços de ambulância aérea que conta com time completo de profissionais de saúde em todos os voos, permitindo que respondam com o melhor atendimento possível, independentemente da situação.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários