Acre – O Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) realizou no domingo (19), uma ação conjunta com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para resgatar uma paciente de Brasileia.

R.C.C., de 83 anos, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC), foi transferida da unidade hospitalar daquele município para o Pronto-Socorro de Rio Branco (PS), após a avaliação médica indicar a necessidade de deslocamento para a capital.

“Com a gravidade de seu estado, em coma e entubada, a paciente não tinha condições de ser conduzida de ambulância. Mediante os fatos, recebemos uma solicitação do SAMU para efetuar a remoção aeromédica”, informou o piloto do CIOPAER, Alexandre Magalhães.

A paciente foi estabilizada e a seguir transladada pelo helicóptero Harpia 04, sob os cuidados das equipes do CIOPAER e SAMU. Após 45 minutos de voo, foi encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto-Socorro de Rio Branco.

Remoções Aeromédicas

Uma das principais estruturas da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), o CIOPAER foi implantado no Acre em setembro de 2009. No entanto, foi em 2019, na gestão Gladson Cameli, que a frota triplicou, e atualmente conta com dois helicópteros e dois aviões.

“Somente este ano, foram transportados pelas aeronaves do Estado mais de 70 pacientes, que puderam receber atendimentos em instalações mais apropriadas. Também houve deslocamento de equipes médicas, que atenderam os mais diversos casos clínicos”, destaca o coordenador-geral do CIOPAER, major Samir Freitas.

1 COMENTÁRIO

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

um × cinco =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários