Paraná – No dia 20 de junho, a Secretaria Estadual da Saúde publicou licitação para prestação de serviços contínuos de atendimento de emergência, resgate e transporte aeromédico de pacientes críticos com aeronaves homologadas para Suporte Avançado de Vida. O preço global máximo é de R$ 65.064.000,00.

A inclusão de propostas poderá ser realizada no máximo até o dia 04 de julho de 2022, até as 09h00. O início da disputa eletrônica ocorrerá no dia 04 de julho de 2022, às 09h30 no sítio www.licitacoes-e.com.br, utilizando o identificador nº 945247.

O termo de referência prevê 240 horas mensais para helicópteros e 80 horas mensais para avião. A empresa deverá apresentar responsáveis técnicos médico e de enfermagem pelo serviço e fornecer equipamentos médicos, além de equipe técnica completa para operação de todas as aeronaves, incluindo pilotos, mecânicos e equipe de solo.

Além disso, a empresa deverá fornecer e demonstrar capacidade de operação diurna simultânea de quatro helicópteros monomotores baseados nos municípios de Londrina, Maringá, Cascavel e Ponta Grossa, além de capacidade de reserva técnica (uma quinta aeronave) para viabilizar disponibilidade integral das quatro aeronaves.

O avião previsto é um turboélice, bimotor, pressurizado, ambulância Tipo E, conforme definição da Portaria MS Nº 2.048/02 do Ministério da Saúde, com instalação aeromédica homologada para dois pacientes ou incubadora, em conformidade com as normas da ANAC.

A SESA será a operadora exclusiva dos helicópteros, conforme o RBAC 90 e RBAC 91 da ANAC. Todos os detalhes estão definidos no termo de referência. Atualmente, a Helisul Aviação realiza esse serviço no Estado.

Escreva um comentário

12 − 1 =

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.
Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.

Comentários

comentários