- Anúncio -
Print Friendly, PDF & Email

Santa Catarina – Na segunda-feira (21), aconteceu a cerimônia de inauguração do Serviço de Atendimento e Resgate Aeromédico (SARASUL), no Parque Municipal Altair Guidi, em Criciúma. Três enfermeiros, onze médicos e uma farmacêutica do SARASUL integrarão as equipes do Serviço Aeropolicial (SAER) da Polícia Civil.

Para operacionalização do serviço, a empresa Ozz Saúde que venceu a licitação, assinou contrato com o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Amrec (Cim-Amrec). Durante a solenidade, o presidente da Câmara de Vereadores de Criciúma, Tita Belloli, foi destacado pelas autoridades presentes, pois teve participação importante para a implantação do serviço.

Foram dois anos de trabalho ao lado do Delegado Gilberto Mondini da Polícia Civil e de pessoas que integraram a comissão do aeromédico, formada por representantes do SAMU, Câmara do Vereadores, Secretaria de Saúde de Criciúma, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil, UNESC e associações dos municípios.

A Deputada Federal Geovania de Sá, que também participou da cerimônia, recebeu do vereador Tita pedido para destinação de mais de R$ 250 mil para aquisição de todos os equipamentos médicos do SARASUL. Após a entrega do documento durante o evento, a Deputada confirmou a disponibilização do recurso.

O SARASUL estará disponível para anteder cerca de 1 milhão de habitantes, em 45 municípios do Sul Catarinense. As Associações dos Municípios da Região Carbonífera, do Extremo Sul e da Região de Laguna (Amrec, Amesc e Amurel) participam do programa de cooperação.

As equipes de saúde trabalharão em regime de prontidão por 12 horas, do nascer ao por do sol, na base do SAER, sete dias por semana. Para iniciar o serviço, as equipes do SARASUL, realizaram treinamento de ambientação nos dias 17, 18 e 19 de dezembro na sede da Amrec e no hangar do SAER da Polícia Civil.

O diretor médico da Ozz Saúde, Felipe Pinheiro, disse durante a solenidade que os profissionais ainda realizarão treinamento de operador de suporte médico, a fim de cumprir as exigências do Regulamento Brasileiro da Aviação Civil Nº 90 (RBAC 90). “O serviço atenderá as pessoas que mais precisam nos momentos mais críticos”, complementou.

- Anúncio -

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários