Serviço Aeropolicial começará em setembro no Rio Grande do Sul

A Polícia Civil se prepara para alçar voo rumo à modernidade operacional. Até setembro, deve chegar a primeira aeronave do Serviço Aeropolicial, vinculado inicialmente ao Deic. Trata-se do helicóptero AS 350 B3, da Helibras, com tecnologia francesa do grupo Eurocopter.

A fábrica fica em Itajubá (MG), onde estiveram o chefe de Polícia, delegado Ranolfo Vieira Júnior, e o diretor do Departamento de Telecomunicações, delegado Francisco Carlos de Oliveira. Eles viram em que etapa se encontra a construção da aeronave, que terá o prefixo PR-HPC. O diretor do Deic destaca a capacitação de cerca de 20 policiais civis, mas a meta é dobrar o número. “Ainda não temos nenhuma mulher, mas vamos providenciar”, promete Ranolfo.

O helicóptero será usado em todo o Estado, por exemplo, em ações táticas, como resgate, perseguições e desembarque de agentes em alvos de operações policiais, além de ações na fronteira e no combate ao abigeato e ao roubo de cargas nas estradas. A base será no Aeroporto Salgado Filho, na Capital.

O delegado Francisco Carlos de Oliveira revela que alguns opcionais foram acrescentados no helicóptero, como colocação de farol de busca de uso noturno, um guincho de resgate que suporta mais de 200 quilos, um guincho de carga para 1,4 mil quilos, além de painel digital e equipamentos de navegação tipo GPS.

O helicóptero tem comprimento com rotor girando de 12,94 metros e fuselagem de 10,93 metros, com altura de 3,34 metros. A velocidade máxima é de 287 km/h, e a autonomia de voo é de duas horas e meia. A aeronave, com portas deslizantes, tem capacidade para piloto, copiloto e quatro tripulantes operacionais.

Modelo terá as cores da Polícia Civil

O layout final da pintura do helicóptero AS 350 B3, nas cores preta e branca, contendo o brasão e o nome da Polícia Civil, ainda não foi definido. Duas propostas para o visual externo da aeronave são avaliadas. Uma delas será escolhida e enviada ao fabricante, em Itajubá (MG).

O helicóptero deve provocar um efeito psicológico de impacto na criminalidade, prevê o delegado Francisco Carlos de Oliveira. “A aeronave já estará em cima dos criminosos quando ouvirem”, acredita. O treinamento dos policiais, denominados tripulantes operacionais, inclui cursos na Coordenadoria de Recursos Especiais, da Polícia Civil do RJ.

Ação pioneira nos anos 80

A Polícia Civil foi pioneira por um breve período em contar com o uso de helicóptero na área da segurança pública do Rio Grande do Sul. A iniciativa coube ao delegado e piloto de helicóptero Wilde Edson Alencastro Pacheco, já falecido, que idealizou uma unidade aérea para a corporação na década de 1980, ao retornar de uma viagem aos Estados Unidos. No entanto, a iniciativa não avançou no período por razões políticas, sendo retirada da Polícia Judiciária.

Fonte: Correio do Povo, por Álvaro Grohmann.

11 COMENTÁRIOS

  1. Boa iniciativa e que sirva de modelo pra todas as unidades da Polícia Civil do Brasil e tirar o conceito que alguns tem de que só funciona se tiver militar na frente.

  2. Parabéns à Polícia Civil gaúcha, em especial ao amigo Del. Francisco, que não poupou esforços em conseguir realizar mais esse sonho da PCRS.
    Com certeza a nova aeronave será apenas o marco do início do desenvolvimento das atividades de aviação de segurança pública no Rio Grande do Sul.
    Saibam que podem contar com o apoio irrestrito deste colega para o sucesso da nova unidade.
    Parabéns novamente, e espero poder compartilhar do momento da entrega da aeronave em setembro.

  3. Parabéns ao amigo Dr. Francisco,

    Pela vitoria alcançada, sendo mais um filho que nasce. Conte conosco aqui de Brasília no que precisar.

    Um abraço

    TC GONÇALVES
    CMT DO BAVOP-PMDF

  4. Sr Comandante Rubem Junior a Sociedade não quer saber se aeronave e da POLÍCIA MILITAR , POLÍCIA CIVIL , POLÍCIA FEDERAL , POLÍCIA RODOVIARIA FEDERAL ou Corpo de Bombeiros , a sociedade quer resposta rapida das Autoridades Hoje em dia quem não pensar assim está falido ! Pessoas bitoladas se acabam sozinhas Parabéns ao retorno do Serviço Aeropolicial DA POLÍCIA CIVIL RGS !!
    Esquilo B3 baita Aeronave Polícial …………………..

  5. PARABÉNS PELA INICIATIVA, ESPERO QUE ESPELHE A POLICIA CIVIL DA BAHIA, QUE NECESSITA URGENTEMENTE DE UM GRUPAMENTO AEREO, QUE A LUTA DOS BRAVOS ILUMINE A CORAGEM DOS OMISSOS.

  6. Parabéns a Polícia Civil do RS. Espero que a Polícia Civil do Estado da Bahia adquira sua aeronave também. Apenas uma observação: tanto a Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul quanto a PCBA precisam incorporar a idéia do uso de aeronave de asas fixas que são importantíssimas para a atividade policial judiciária com o rápido deslocamento de equipes policiais para cumprimento de suas atribuições constitucionais.

  7. Sr. Mauricio, desculpe se fui mal entendido, mas o que quiz dizer é que alguns governantes aplicam uma grande parte do orçamento em orgãos militar, com aquisições de aeronaves, aperfeiçoamento e treinamento de pessoal. Diante disso, sempre fico maravilhado quando esse bolo passa a ser dividido em parcelas iguais por governante que pensa como você e agraciam outros orgãos que fazem parte da defesa e segurança púplica.

  8. Sr Rubem Junior acho que os Governos priorizavam mais pois as Polícias Militares que são responsaveis pelo Políciamento Ostensivo preventivo e os Bombeiros há espaço para todos e se formos UNIDOS faremos grande serviço para sociedade que somos nos mesmos e nossos familiares !
    Na atividade Polícial ou Bombeiros voamos alto tem a Obrigação de pensarmos alto as Políciais civis precisam sim ter suas aeronaves políciais trabalhando em conjuntos com outros orgãos de segurança publica seja estadual ou federal
    Forte abraço e fiquem com Deus !

  9. PARABENS A POLICIA CIVIL DO RS, QUE A SERENIDADE E A DEDICAÇÃO AO SERVIÇO GUIE SEUS VOOS.
    QUE SEJAM SEMPRE A MAIS RAPIDA RESPOSTA CONTRA AS ATIVIDADES CRIMINOSAS NAS TERRAS GAUCHAS, NAO VOS CONHEÇO AINDA MAS QUEM SABE UM DIA VISITAREI VOSSO GRUPAMENTO PARA TENTAR APRENDER UM POUCO, SE TAMBEM FOR DA VONTADE DOS GESTORES DO AMAZONAS, AMAZONAS QUEM SABE UM DIA………………..

    SEGUROS E BONS SEJAM SEUS VOOS

    DELEGADO SINVAL BARROSO DE SOUSA
    TITULAR DA DRFV E PCH 135264

  10. Primeiramente, parabéns a PCRS, crescer sempre é o fator motivador, o combate a criminalidade que aumenta a cada dia, acredito que a aeronave comprada é ótima, deve vir acompanhada também de outros equipamentos para realizarem realmente operações policiais, acredito piamente que serviço policial cabe aos policiais e de resgate e salvamento (SAR) aos Bombeiros. Cada um faz bem aquilo que é treinado e capacitado para fazer, ninguém é bom em tudo.
    Quanto aos comentários do Sr Rubens e Maurício, nem sempre quem compra as aeronaves, acredito que 80% dos casos é a secretaria de segurança e sim os orçamentos próprios de cada instituição, desta forma se há mais aeronaves militares voando é porque há mais investimento corporativo que político, vindo o que o Sr Maurício falou, a sociedade quer ser atendida, não importa quem.
    Mais uma vez parabéns a PCRS pelo investimento e valoração de seus Policiais.

    Giovanni Matiuzzi Zacarias – Cap BMSC
    BOA/CBMSC

Escreva um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

17 − 7 =

Comentários que contrariem a lei, a honra e a intimidade serão moderados.

Comentários

comentários